RISCOS - Araçatuba ficou parte da manhã com fumaça em diferentes pontos por conta das queimadas e baixa umidade relativa do ar

Baixa umidade do ar causa alertas da Defesa Civil em São Paulo e Mato Grosso do Sul

Compartilhe esta notícia!

DIEGO FERNANDES – ARAÇATUBA

A Defesa Civil de São Paulo está emitindo alertas nesta semana para a baixa umidade do ar e para a secura do tempo na região de Araçatuba. Na última segunda-feira (16), o alerta foi para o risco de incêndios florestais, como o que ocorreu próximo à rodovia Marechal Rondon. Já nesta terça-feira (17), o alerta emitido foi sobre os baixos níveis de umidade, que podem chegar a 11% na próxima sexta-feira (20). Além disso, a Defesa Civil de Mato Grosso do Sul também alertou sobre baixa umidade em Três Lagoas e todo o estado. O clima deve ficar semelhante a um deserto, principalmente durante as tardes, em todos os municípios da região.

 

De acordo com o site Climatempo, nesta terça-feira, a umidade relativa do ar em Araçatuba ficou entre 13% e 59%, sendo que os índices mais baixos foram observados entre o final da manhã e o final da tarde. Por causa da fumaça ainda proveniente do incêndio ocorrido na segunda-feira, a qualidade do ar esteve baixa durante todo o dia.

 

Para esta quarta-feira (18), a previsão é que a umidade tenha uma media ainda mais baixa que a de ontem, podendo chegar a índices mínimos de 12%, com a temperatura no período da tarde alcançando os 35o C. 

 

O mesmo índice mínimo de 12% deve ser observado também na quinta-feira (19), mas na sexta (20) e no sábado (21), a previsão é que o índice fique em 11%, o mais baixo registrado no mês de agosto até aqui, caso se confirme. Não há previsão de chuvas para os próximos dias.

 

O nível ideal de umidade do ar para a saúde humana, segundo a Organização Mundial da Saúde, é entre 60% e 80%. Para os próximos dias, nem as máximas chegam a esses níveis. 

 

De acordo com a Defesa Civil, durante os próximos dias, o alerta é para que a população ajude a evitar colocar fogo em matas ou em pastagens, para não piorar ainda mais a qualidade do ar. O alerta serve também para os fumantes, para que não atirem bitucas de cigarro na beira das rodovias, pois o risco de incêndio é considerável.

 

Outras dicas do alerta da Defesa Civil dão conta da exposição à luz solar. A recomendação é para que não se pratique exercícios ao ar livre, principalmente no período entre 10h e 17h, que é o espaço de tempo mais crítico, além de recomendar a hidratação com água e a utilização de protetores solares. 

 

Outros alertas

 

Este não é o primeiro alerta emitido para Araçatuba e municípios da região. Na semana passada, o INMET, Instituto Nacional de Meteorologia, já havia alertado para a baixa umidade do ar em todo o noroeste do estado de São Paulo e no Mato Grosso do Sul. 

 

No último domingo (15), os índices de umidade do ar chegaram aos 12% em Araçatuba no período da tarde. 

 

Mato Grosso do Sul

 

Uma massa de ar seco e quente está atuando sobre Mato Grosso do Sul, deixando o tempo seco e sem condições para chuva em todas as regiões do Estado. As temperaturas também podem ficar acima dos 35°C no Estado nesta quarta-feira (18) segundo o Cemtec, o Centro de Monitoramento do Tempo e do Clima. 

 

A Coordenadoria Estadual de Defesa Civil emitiu alerta para baixa umidade do ar. As orientações são: tomar bastante líquido, evitar a prática de atividades físicas e exposição ao sol nas horas mais quentes do dia. Cuidados simples como umidificar ambientes e usar hidratante no corpo e soro fisiológico nas narinas também podem contribuir para aliviar o desconforto. 

 

Segundo o INMET, Instituto Nacional de Meteorologia, os níveis de umidade relativa do ar podem variar entre 20% a 12% durante as tardes, e além de provocar ressecamento da pele, desconforto nos olhos, boca e nariz, também oferece risco de incêndios florestais.  

 

A meteorologia estima que essa massa de ar quente ganhe intensidade nos próximos dias. (Com informações das Defesas Civis de SP e MS)

18


Compartilhe esta notícia!

Veja também

Balconista é preso com 85 tijolos de maconha

Compartilhe esta notícia!DA REDAÇÃO – ARAÇATUBA O balconista G.G.S, 38 anos, residente em Goiânia (GO), …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *