Mulher é agredida e denuncia companheiro à polícia

Compartilhe esta notícia!

Uma cabeleireira de 31 anos de idade procurou a Central de Flagrantes de Araçatuba na sexta-feira (27) para denunciar o convivente, um industriário de 30, por violência doméstica. Ela apresentava algumas lesões pelo corpo e não foi a primeira vez que um fato como esse aconteceu, mas a mulher nunca havia registrado boletim de ocorrência. O suspeito está foragido.

A declarante contou em depoimento aos investigadores que participava da festa de Natal com a família quando o companheiro iniciou uma briga com os parentes. O casal foi embora, mas a vítima não queria deixar o suspeito dirigir o carro, já que estava muito exalto. Foi, então, que ele passou a agredi-la com puxões de cabelo, apertos no braço e enforcamento.

Os dois chegaram até a residência onde moram, localizada no bairro Concórdia 1, zona leste do município, quando as agressões continuaram, ainda mais depois que a cabeleireira exigiu que o investigado fossem embora dali. A briga só terminou quando uma irmã chegou ao endereço e presenciou tudo. Na sequência, o autor foi embora.

A mulher informou que possui um relacionamento amoroso com o indiciado por aproximadamente dois anos. Dessa relação, eles possuem uma filha de seis meses de vida. Com medo do que poderia acontecer, a declarante decidiu representar criminalmente contra o companheiro e requisitou medida protetiva.

A Polícia Civil registrou o caso como violência doméstica e lesão corporal. Um inquérito foi aberto para dar andamento às investigações. Até o fechamento dessa edição não havia informação a respeito do paradeiro do industriário.


Compartilhe esta notícia!

Veja também

Final de tarde registra ventos fortes e chuva com granizo em Araçatuba

Compartilhe esta notícia!A tão esperada chuva chegou a Araçatuba no final da tarde deste domingo …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *