PLATAFORMA - 018app passará a funcionar em Araçatuba a partir do dia 18 de setembro

Motoristas por aplicativo pedem adesão à nova plataforma para serviço não ser extinto na região

Compartilhe esta notícia!

DIEGO FERNANDES – ARAÇATUBA

 

Com o aumento de insumos, como peças para manutenção e, principalmente, o preço dos combustíveis, foram diminuindo os interessados em trabalhar como motorista de aplicativo em Araçatuba. Uma das principais queixas dos trabalhadores do setor tem sido a taxação deste tipo de serviço por parte das principais operadoras que atuam no mercado.

 

Reportagem publicada pelo jornal O LIBERAL REGIONAL no dia 11 de julho apontou que houve uma queda de 75% no número de motoristas por aplicativo que atuam na região de Araçatuba. Eram cerca de 1.200 trabalhadores em 2018, e agora pouco mais de 300 pessoas seguem na área, o que diminuiu a oferta do serviço à população.

 

Para tentar sobreviver e não ficar preso às altas taxas cobradas pelas operadoras internacionais do serviço que atuam por aqui, um grupo de motoristas de Araçatuba resolveu se reunir para criar uma plataforma própria, com taxação mínima, e com a intenção de melhorar o serviço para o usuário de Araçatuba.

 

No próximo sábado (18), será lançado o 018 app, que tem já possui mais de 100 motoristas cadastrados e que devem oferecer variedade nos serviços, como transporte exclusivamente feminino, transporte de compras e também de animais domésticos.

 

De acordo com o idealizador da plataforma e representante da categoria de motoristas por aplicativo, Tiago dos Reis, o principal objetivo é oferecer melhores de condições de trabalho para os motoristas, impactando diretamente no serviço oferecido aos usuários que necessitam.

 

“Essa plataforma veio do anseio do motorista. Nós nos organizados e criamos esta plataforma para fugir destas altas taxas da americana e da chinesa (empresas de transporte por aplicativo que atuam na cidade). Isso é uma alternativa de sobrevivência. A gente está pagando altas taxas para esses aplicativos multinacionais e não está custeando peças de carro, manutenção, combustível, além do seguro que é muito caro”, explicou Reis.

 

Nos últimos meses, usuários do serviço tem reclamado da demora para encontrar veículos e nos vários cancelamentos por parte dos motoristas. Segundo Tiago dos Reis, isso ocorre pela baixa oferta de motoristas e pelo fato de as operadoras não pagarem o período de deslocamento do motorista até o local onde está o passageiro, o que acabando encarecendo o custo da viagem.

 

De acordo com o idealizador do novo aplicativo, o compromisso do novo serviço será o de não ter cancelamentos de viagens por parte dos motoristas.

 

“A gente vai ser melhor remunerado pela plataforma, o desconto dessa corrida para nós será infinitamente melhor e o usuário não vai pagar nada por isso no horário comercial. Será o mesmo preço das plataformas multinacionais e o usuário estará beneficiando pais e mães de família de Araçatuba”, comentou.

 

Reis afirma que a plataforma de transporte por aplicativo de Araçatuba vai iniciar os trabalhos no próximo sábado já abrangendo mais de 50% do atual mercado de motoristas da cidade. São 150 motoristas já cadastrados para trabalhar na 018app e a intenção é atingir pelo menos 200 motoristas em um curto espaço de tempo.

 

“A gente tentou pegar a deficiência de outros aplicativos para lançar serviços diferenciados. Vai ter corridas de categorias intermunicipais, luxo, mercado e mulher para mulher”, explicou.

 

Exclusividade feminina

 

O administrador da nova plataforma afirmou que, até o momento, dos 150 motoristas cadastrados na plataforma, 10 são mulheres, o que permite fornecer o serviço de transporte feminino de forma eficiente no início das atividades.

 

“Neste caso do transporte de mulheres, tem que ser só mulher, não pode levar namorado, homem! Pode ser duas, três, quatro mulheres dentro do carro”, ressaltou.

 

De acordo com Reis, o serviço da nova plataforma deve atender prioritariamente Araçatuba, porém cobrirá também através da categoria intermunicipal as cidades da região como Birigui, Penápolis, Guararapes, dentre outras.

 

Sobrevivência

 

Ele lembra que é importante a adesão da população da região a esta plataforma para manter vivo este tipo de serviço na região.

 

“Gostaria de pedir para a população que abraçasse esse projeto, que é totalmente diferente, que tem comprometimento de 32 motoristas sócios e mais de 150 motoristas da cidade, para sobrevivência do serviço, para não parar, porque do jeito que está atualmente, está entrando em colapso”, justificou.

 

 


Compartilhe esta notícia!

Veja também

Polícia Rodoviária Federal apreende quase uma tonelada de maconha em Penápolis

Compartilhe esta notícia!DA REDAÇÃO – PENÁPOLIS No início da tarde de domingo (26), equipe da …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *