6.4 C
Araçatuba
quarta-feira, maio 18, 2022

Mais de 8,3 mil imóveis já foram vistoriados no mutirão de combate ao mosquito Aedes aegypti

DA REDAÇÃO – BIRIGUI

A Secretaria de Saúde de Birigui segue com o mutirão de combate ao Aedes aegypti. Até o dia 26 de março, 8.360 imóveis, entre residências, comércios e terrenos baldios, foram vistoriados em 15 bairros, sendo recolhidos 24,6 toneladas de materiais inservíveis que serviam de criadouro do mosquito.

Conforme balanço divulgado pela pasta, larvas do mosquito foram encontradas em recipientes dentro de 310 residências e em 23 terrenos baldios. Larvas foram encontradas em latas, garrafas, plásticos, bebedouro de animais, vasos de plantas na água, baldes e pneus.

A varredura já aconteceu nos bairros Cidade Jardim, Ivone Alves Palma, Jandaia 3, Thereza Maria Barbieri, São Brás, Cohab 3, Residencial Aurora, Monte Líbano 1 e 2, João Crevelaro, Santana, Quemil, Copacabana, Canaã e Quinta da Mata, que registraram aumento de casos de dengue neste ano.

 

NOVOS BAIRROS

Nesta quinta-feira (31), o mutirão ocorreu nos bairros Recanto dos Pássaros, Parque das Nações e Jardim do Lago. A previsão é que até a próxima segunda-feira sejam visitados ainda os bairros Jardim Flamengo, Tijuca, Recanto Verde 1 e 2, São José, Jardim das Oliveiras e Jardim Itália.

O trabalho é executado por mais de 30 agentes comunitários de saúde e de combate às endemias, além de cinco supervisores. Os profissionais estão devidamente uniformizados e identificados com crachás e bolsas, seguindo os protocolos sanitários contra a covid-19.

Conforme a agente de endemias, Rosilene Montanholi, o objetivo é reforçar a orientação aos moradores sobre as medidas diárias para evitar a proliferação do inseto. “Além de retirar dos imóveis possíveis criadouros para evitar o nascimento de novos mosquitos e diminuir os casos da doença”, reforçou.

 

CASOS

Dados divulgados pela Vigilância Epidemiológica mostram que Birigui contabiliza neste ano 697 casos positivos de dengue. Um óbito está em investigação. Em 2021, o município teve 631 casos de dengue e uma morte provocada pela doença. 

 

 

Ultimas Noticias