TRABALHO - Dezenas de policiais foram às ruas para cumprimento de mandados judiciais

Polícia faz operação conjunta para combater aglomerações e atos ilegais

Compartilhe esta notícia!

DA REDAÇÃO – LINS

O prefeito de Lins, doutor João Pandolfi, na última segunda-feira (3) realizou uma reunião com representantes da Polícia Militar e da Polícia Civil, além da guarda municipal patrimonial. A pauta da reunião foi responsabilizar as pessoas que estão promovendo, aos fins de semana, não somente festas clandestinas e aglomerações, mas também apresentando condutas que são nocivas à vida e a paz social. Nessa sexta-feira, as polícias Civil e Militar desenvolveram operação conjunta para coibir os abusos e cumprirem mandados judiciais.

A operação conjunta foi seguindo as determinações do Plano “São Paulo”, de combate a pandemia. As investigações começaram após um “pancadão” realizado no dia 2 (domingo) nos altos da cidade (região da Rua Floriano Peixoto), onde indivíduos ostentaram armas de fogo e realizaram diversos disparos na via pública.

Após investigação a justiça deferiu diversas medidas judiciais para dar continuidade aos trabalhos de Polícia Judiciária.

Nessa sexta-feira, quatro viaturas da Polícia Civil e quatro viaturas da Polícia Militar, com um total de 32 Policiais, foram às ruas para cumprir sete mandados de busca e apreensão e um mandado de prisão.

As buscas resultaram na condução de alguns indivíduos que estariam organizando festas clandestinas, uma prisão em flagrante por posse irregular de arma de fogo, além do cumprimento do mandado de prisão de um dos autores dos disparos.

Foram apreendidos um revólver calibre 38, com a respectiva munição e diversos outros objetos.

Ambas as Polícias informam que continuarão trabalhando no sentido de identificar organizadores e coibir as aglomerações clandestinas.

 


Compartilhe esta notícia!

Veja também

Prefeitura abrirá aos sábados para pessoas que buscam parcelar suas dívidas

Compartilhe esta notícia!DA REDAÇÃO – ANDRADINA A Prefeitura de Andradina vai abrir aos sábados para …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *