14.4 C
Araçatuba
domingo, junho 26, 2022

Crianças do ‘Bom de Nota, Bom de Dança’ participam de passeio ao ar livre, em Lins

Elas fizeram uma visita à sorveteria Fazendinha Tropical, um dos pontos turísticos do roteiro rural do município

A última terça-feira (17) foi diferente e especial para os alunos do núcleo Lins do “Bom de Nota, Bom de Dança”. Eles fizeram uma visita à sorveteria Fazendinha Tropical, um dos pontos turísticos do roteiro rural do campestre, que atrai muitos visitantes do município e da região. O local fica em uma área arborizada, o que torna o ambiente mais fresco e agradável.

Além de experimentarem e se deliciarem com os famosos sorvetes artesanais da casa, as crianças beneficiadas pela iniciativa também tiveram a oportunidade de entrar em contato com a natureza. Elas puderam ver de perto os bichinhos e as plantas que sempre aparecem nos livros de ciências na escola.

“O passeio foi muito divertido e também despertou a curiosidade dos pequenos. Em um dia a dia tomado cada vez mais por tecnologias de todos os tipos, apreciar a natureza é uma atividade que acaba sendo deixada de lado. Em frente às telas, eles deixam de interagir com o mundo real. O fato de não estar entre quatro paredes e ter liberdade é maravilhoso”, comenta o assistente de coordenação do projeto, Mauro Ladeia Filho.

Mauro também ressaltou que a visita só foi possível graças à premiação em dinheiro conquistada pelos alunos do projeto no Concurso Linense de Quadrilhas Estilizadas, realizado em junho deste ano.

As crianças foram acompanhadas pelo assistente e pela monitora de balé, Mayara Rocha de Oliveira. Eles também contaram com o apoio da Prefeitura Municipal de Lins, que cedeu o transporte aos alunos.

Na próxima sexta-feira (20), haverá uma nova visita ao local, para as crianças que não estiveram presentes nesta. Elas serão acompanhados por Mauro, além do professor Lucas Ariel e da monitora Aline Daiane.

Sobre o projeto

O “Bom de Nota, Bom de Dança” oferece aulas de balé e danças urbanas de forma gratuita para meninos e meninas de sete a 12 anos matriculados na rede municipal de ensino de Lins.

“A ideia do projeto é dar a esses alunos uma nova perspectiva de mundo, por meio do acesso à cultura. Essa é a nossa missão, colocar a dança como ferramenta transformadora e estimular as crianças a serem melhores a cada dia”, explicou Eduardo Zanello, fundador da Associação Pró-Esporte e Cultura (APEC).

As aulas do programa acontecem na EMEF Profª. Gessy Martins Beozzo e também na EMEF João Alves da Costa.

As atividades do “Bom de Nota, Bom de Dança” em Lins são realizadas com recursos de incentivo fiscal da Usina Lins. O projeto é viabilizado por meio do Programa Nacional de Apoio à Cultura – PRONAC, com a missão de fomentar a cultura e a educação.

imagem_release_1102050

Ultimas Noticias