PRONUNCIAMENTO - Mariana Batelochi (à esquerda) fala sobre a nova variante P1, ao lado da professora Thaisa Helena R. Fioravante

Confirmada a circulação da variante de Manaus em Lins

Compartilhe esta notícia!

ANTÔNIO CRISPIM – LINS

A secretária municipal da Educação de Lins, professora Thaisa Helena R. Fioravante e a diretora da Vigilância Epidemiológica, enfermeira Mariana Batelochi, fizeram pronunciamento na tarde dessa sexta-feira (5). Durante o pronunciamento, a enfermeira Mariana Batelochi disse que na tarde de quinta-feira (4), o Instituto Adolfo Lutz, laboratório oficial do governo de São Paulo, notificou a prefeitura de Lins de quem concluiu o sequenciamento genético do material de cinco pessoas residentes no município e que três delas apresentaram a variante P1, conhecida como variante de Manaus ou brasileira.

“Informo que estes pacientes estão bem. Foram pacientes que não precisaram ser internados, não tiveram histórico de viagem e passaram do período de isolamento. Recentemente um município próximo do nosso, Jaú, também confirmou a variante sendo transmitida no município. Agora toda a região que foi feito o levantamento e o sequenciamento apresenta transmissão da P1”, disse Mariane Batelochi.

Segundo a diretora da Vigilância Epidemiológica, a transmissão da variante de Manaus é mais rápida do que o vírus sem mutação. De acordo com Mariana Batelochi, cientistas mostraram mudança na estrutura viral faz com que o vírus penetre mais facilmente nas células, o que aumenta a pandemia. Isso explica o aumento de casos no município nos últimos dias. Para a enfermeira, é necessário redobrar o isolamento social, evitar aglomeração e reforçar as medidas preventivas.

“Diante da confirmação da P1 no município, algumas medidas foram adotadas. A fiscalização da Vigilância, do setor de Posturas foi reforçada em todos os setores”, disse Mariana, frisando que vários estabelecimentos foram autuados, como agências bancárias, que não estavam cumprindo o distanciamento e os protocolos sanitários.

Segundo a enfermeira, o monitoramento dos pacientes suspeitos ou confirmados com covid, está sendo feito constantemente para manter o isolamento.

De acordo com os números apresentados, o município já registrou 6.464 casos positivos e 109 óbitos. Neste sábado será feita a vacinação de idosos de 77 a 84 anos.

 

EDUCAÇÃO

 

A secretária da Educação, professora Thaisa Helena R. Fioravante, disse que foi baixado um decreto suspendendo as aulas presenciais nas redes públicas municipal e estadual, nas escolas conveniadas e no ensino superior. “Vamos oferecer aos alunos da rede municipal as aulas remotas”, acrescentou.

 

 


Compartilhe esta notícia!

Veja também

Exército de Lins atua no combate à covid

Compartilhe esta notícia!DA REDAÇÃO – LINS O 37º Batalhão de Infantaria Leve, Batalhão “General Silvino …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *