23.6 C
Araçatuba
sábado, maio 21, 2022

CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS ESTIMULA A LEITURA E NOVOS APRENDIZADOS

As histórias despertam nas crianças a imaginação, as emoções, o interesse pelos livros e amplia a curiosidade pelas palavras. Ao contar uma fábula o professor ajuda a preservar as culturas, os valores e compartilhar conhecimentos. De joaninha, a professora Debora Damazio de Oliveira Sanches contagiou e fez os alunos de 3 a 5 anos viajarem de graça. A criançada retribuiu com belas expressões de alegria e entusiasmo.

A contação de histórias faz parte da proposta pedagógica na Emei (Escola Municipal de Ensino Infantil) Castro Alves. A descoberta da joaninha, segundo Debora, mostrou para as crianças a importância da generosidade e da doação ao próximo. “Gosto de ver os rostinhos das crianças. Já contei histórias outras vezes. É um momento mágico. É gratificante”, contou a professora.

O primeiro contato da criança com o texto, geralmente, é por meio das histórias apresentadas, oralmente, nas escolas, ou até mesmo, pelos pais e familiares. Essa prática é importante, é o início do processo de aprendizagem. Debora disse que a próxima história a ser contata será “Menina Bonita do Laço de Fita”, da escritora Ana Maria Machado.

No ato da contação de história, a criança se identifica com os personagens, ao colocar para fora seus sentimentos, os alunos podem superar o medo, a angustia e a timidez. A tendência que se tornem habilidosos leitores e o processo de ensino-aprendizagem passa a ser mais prazeroso e divertido.

“As histórias ampliam o vocabulário das crianças. Elas aprendem de forma lúdica. A criança aprende muito através da observação. Se o adulto demonstra que gosta de ler isso desperta interesse e curiosidade”, comentou.

A professora leciona há 18 anos na educação infantil e 6 anos no ensino fundamental. Ela enfatizou que ouvir histórias desenvolve o pensamento crítico e oferece a possibilidade de conhecer o mundo encantador das palavras, inclusive, passam a incorporar valores em sua formação pessoal. “É importante ler para os filhos. Esses momentos ficam marcados para sempre na memória das crianças”, concluiu Debora.

Da Redação

Ultimas Noticias