Casos de abandono de crianças são registrados na região

Compartilhe esta notícia!

FOTO: REGIONAL PRESS

Dois casos de abandono de crianças chamaram a atenção entre a noite de quarta-feira (23) e a tarde de quinta-feira (24). No primeiro caso, os pais de seis crianças foram presos depois de deixarem cinco filhos sozinhos dentro de casa para ir a um culto religioso. Na segunda ocorrência, policiais civis do GOE (Grupo de Operações Especiais) deram cumprimento a um mandado de busca e localizaram uma criança de apenas três anos sozinha. No local, havia droga.

Em Birigui, policiais militares receberam denúncia anônima de que os moradores da casa tinham deixado cinco filhos sozinhos no interior do imóvel. O mais velho tem nove anos de idade e o mais novo, dois. As equipes foram até o endereço, no bairro Vila Angélica. Chegando lá, os PMs ouviram barulho de crianças e acionaram o Conselho Tutelar.

Com a chegada dos conselheiros, os policiais entraram e presenciaram todos os cinco sem nenhum cuidado. A polícia conseguiu descobriu que os pais estavam participando de um culto religioso com o sexto filho, de apenas um mês de vida. Eles foram localizados na igreja e receberam voz de prisão em flagrante por abandono de incapaz.

Na delegacia, os suspeitos prestaram depoimento. O delegado estipulou fiança, mas o casal não pagou a quantia e, por isso, permaneceu à disposição da Justiça. As crianças tiveram que ser encaminhadas para a Casa Abrigo, onde ficaram sob responsabilidade do Conselho Tutelar.

ARAÇATUBA

Já ontem à tarde, outro caso de abandono de incapaz foi registrado, só que dessa vez em Araçatuba. Policiais civis do GOE deram cumprimento a um mandado de busca e apreensão em uma residência localizada no bairro São Vicente. Os moradores são investigados por um suposto envolvimento com o tráfico de drogas.

Após o arrombamento da porta, já que existia uma ordem judicial para isso, os policiais encontraram a garotinha de apenas três anos e oito meses de vida. Ela disse que não sabia onde a mãe estava. A polícia apurou que no imóvel moram a mulher o irmão, ambos suspeitos de práticas criminosas. O GOE localizou porções de maconha e pinos contendo cocaína.

A investigada foi localizada por telefone. Ela alegou estar trabalhando em um shopping da cidade e pela primeira vez havia deixado a filha sozinha. A mulher compareceu à Central de Flagrantes e o Conselho Tutelar também foi acionado. Até o fechamento dessa edição, a ocorrência ainda continuava em andamento.


Compartilhe esta notícia!

Veja também

Discussão por causa de cachorro termina em tiros

Compartilhe esta notícia!A Polícia Civil de Araçatuba vai investigar um atentado contra um casal de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *