DEFINIDO - Vôlei Futuro / Assaí estreia na Superliga B no dia 23 de janeiro em Natal (RN) - Gustavo Ribeiro / 10sports

Vôlei Futuro / Assaí quer reforço “olímpico” para a disputa da Superliga B a partir de janeiro

Compartilhe esta notícia!

DIEGO FERNANDES – ARAÇATUBA

O Vôlei Futuro / Assaí, de Araçatuba, vai estrear no dia 23 de janeiro de 2021, um sábado, na Superliga B Masculina contra a equipe da Unimed/Aero, no ginásio Aero/Sesi em Natal (RN). O jogo está marcado para 16h. A Confederação Brasileira de Vôlei (CBV) definiu ontem toda a tabela da competição.
Ao todo, serão 8 equipes na disputa. O Vôlei Futuro / Assaí é o único representante do estado de São Paulo na competição. O primeiro jogo do time araçatubense em casa, no ginásio Plácido Rocha, está marcado para o dia 26 de janeiro, uma terça-feira, contra o Brasília Vôlei / Upis, às 18h.
A Superliga B Masculina terá uma primeira fase com 7 jogos para cada equipe, com a fase de quartas de final sendo disputada nos dias 6, 12 e 13 março. As semifinais serão jogadas nos dias 20, 27 e 28 de março, e a decisão no dia 1º de abril, em jogo único, que terá transmissão do canal esportivo SporTV.
Patrocínios
Em conversa com a reportagem do jornal O LIBERAL REGIONAL, o presidente do Vôlei Futuro / Assaí, Luis Henrique Reis, afirmou que está atrás de mais patrocínios para a disputa da competição.
“É necessário reforçar a equipe, pois é um campeonato mais forte e para isso estamos em busca de mais patrocinadores”, disse. “Foram 7 anos sem o projeto. Voltamos sendo campeões e agora podemos voltar para a elite do esporte e falta muito o apoio da cidade”, se queixou Reis, lembrando o título da Superliga C, conquistado nesta temporada, que garantiu o acesso da equipe para a Superliga B de 2021.
Reforço de Olimpíada
O presidente do Vôlei Futuro / Assaí revelou à reportagem planos ambiciosos. A intenção é conseguir um patrocinador para a equipe que dê condições para que o time contrate um grande reforço que já tenha disputado os Jogos Olímpicos.
“Estamos sim enviando propostas tanto para Superliga B quanto para nosso próximo ano. Lembrando que 2021 e ano de olimpíadas e o voleibol tem uma grande história de conquistas. Por ser um ano olímpico a ideia do projeto e trazer um atleta ou técnico que tenha participado de uma olimpíada”, afirmou Luis Henrique Reis.
Plantel
O técnico campeão da Superliga C com o Vôlei Futuro / Assaí, o ex-jogador Dentinho, deixou a equipe. Ele foi eleito vereador na cidade de Bento Gonçalves (RS) e ficou impossibilitado de seguir o trabalho. A princípio, o coordenador técnico Angelo Vercesi assumirá o comando da equipe, mas a intenção da diretoria é contratar outro técnico.
O central Grossi e o oposto Leandrão, que estavam no time campeão deste ano, também deixaram a equipe. Grossi foi jogar no voleibol europeu, enquanto Leandrão encerrou a carreira.
Segundo o presidente, o time atual do Vôlei Futuro / Assaí necessita de 4 reforços para a disputa da Superliga B. Atualmente, há 14 atletas no grupo.
“Tivemos dois atletas que saíram e para conseguir os reforços precisamos de mais patrocinadores pois o valor de investimento atual não nos permite”, lamentou o presidente Luis Henrique Reis.
O período de treinamentos em quadra ainda não começou, mas os atletas do plantel estão fazendo trabalho muscular, além de trabalhos específicos de fisioterapia e recuperação para atletas que tiveram problemas físicos durante a disputa da Superliga C neste ano. Os treinos definitivos devem começar na primeira semana de janeiro.


Compartilhe esta notícia!

Veja também

Mais 21 médicos iniciam Residência Médica na Santa Casa de Araçatuba

Compartilhe esta notícia!DA REDAÇÃO – ARAÇATUBA A Comissão de Residência Médica (Coreme) e a direção …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *