ACORDO - Vereadores, Mael, Luiz Borracheiro, Gê da Auto Escola, Luis Dentista e Sabiá, com Almir Oliveira e Cutia, representantes da rádio

Vereadores de Aracanguá custeiam transmissão das sessões pela rádio com recursos do próprio salário

Compartilhe esta notícia!

DA REDAÇÃO – SANTO ANTÔNIO DO ARACANGUÁ

Os vereadores de Santo Antônio do Aracanguá, de forma inédita, decidiram custear com recursos do próprio salário, as despesas operacionais para a transmissão das sessões da câmara, pela rádio Evidência FM.

De acordo com o diretor geral da emissora, Sebastião José dos Santos, o Cutia, a iniciativa dos vereadores merece reconhecimento e revela a maturidade e responsabilidade câmara em buscar uma alternativa viável, para manter a população informada, sobre os trabalhos do legislativo através da rádio sem precisar sair de casa, ainda mais em período de pandemia, onde a orientação dos órgãos sanitários é evitar aglomeração.

A decisão foi tomada em reunião realizada na semana passada, com a presença de representantes da Rádio Evidência FM e de cinco vereadores. Os demais não puderam estar presentes, mas deram o aval e se juntaram para contribuir para ajudar no custeio técnico operacional da emissora que, além do incentivo da prefeitura, não possui outra fonte de renda que não seja o apoio cultural de empresas e do comercio. “É um valor simbólico diante do trabalho da rádio pela cidade, mas de grande valia, pois nos ajuda a custear as despesas com os serviços operacionais para a transmissão e, o mais importante, é que toda a população ganha com isto”, ressaltou o diretor, que fez questão de citar o nome dos vereadores, começando pelo presidente Gê da Auto Escola (PSB), Caique (MDB), Carlito (MDB), Ivan Cordeiro (PV), Luis Borracheiro (DEM), Luís Dentista (PV), Mael (PSDB), Sabiá (DEM) e Val do Posto (PODEMOS), como forma de gratidão pela iniciativa.

 

 


Compartilhe esta notícia!

Veja também

Eva Vilma morre de câncer, aos 87 anos, em SP

Compartilhe esta notícia!Aos 87 anos, morreu na noite desse sábado (15), em São Paulo, a …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *