DISTANCIAMENTO - Nas salas de aula, carteiras foram colocadas umas distantes das outras

Retorno das aulas presenciais é marcado por tranquilidade e cumprimento das regras

Compartilhe esta notícia!

A segunda-feira (8) foi marcada por muita expectativa e adaptações com o retorno das aulas presenciais nas redes municipal estadual de ensino. Em Araçatuba, a volta foi tranquila, com salas mais vazias, uso de máscaras, álcool em gel e distanciamento social.

A reportagem do jornal O LIBERAL REGIONAL esteve na Escola Estadual Luiz Gama. Por lá, a porcentagem máxima de alunos por sala é de 35%, número que será mantido até o fim do mês, mesmo a região de Araçatuba estando na fase amarela do Plano São Paulo.

A escola dividiu as turmas em três grupos: A, B e C, justamente para evitar aglomeração e salas cheias. Sendo assim, todos os alunos de determinada sala irão fazer o retorno presencial. Enquanto esta semana será a vez do grupo A, na próxima a turma continua os estudos remotamente e abre espaço para que o grupo B venha até a escola e, assim, sucessivamente.

As adaptações foram muitas, um cenário bem diferente daquele de costume em anos anteriores. O retorno às aulas foi sem abraços e beijos entre os colegas. Logo na entrada, todos os funcionários e alunos tiveram que passar álcool em gel e mediram a temperatura corporal.

Já lá dentro, demarcações de distanciamento de um metro e meio nos corredores foram colocadas. Nas salas de aulas, poucos alunos e distância considerável entre as carteiras. Já no pátio, o intervalo das séries foi intercalado para evitar aglomeração. Além disso, as mesas para refeições foram afastadas uma das outras, todas com recipiente de álcool em gel. E no bebedouro, cada um é responsável por trazer sua própria garrafinha e a abastecer com água.

Ainda segundo a direção da escola, uma semana antes das aulas retornarem, os pais participaram de reuniões e puderam entrar no estabelecimento de ensino para poderem conhecer todas as adaptações realizadas. Muitos tiveram boa aceitação e sentiram seguros em deixar os filhos na escola. Aqueles que não irão comparecer, em sua grande maioria, possuem algum tipo de comorbidade e continuarão estudante de forma remota.

ENSINO MUNICIPAL

O retorno às aulas presenciais também aconteceu na rede municipal de ensino. Por conta da idade dos alunos nessa etapa, os cuidados foram ainda mais redobrados. Logo na entrada, os alunos passam pela higienização das mãos e medição da temperatura corporal.

Já antes de entrarem nas salas de aula devem passar por um tapete higienizante. Lá dentro são as mesmas regras aplicadas, conforme orientação da Secretaria de Estado da Educação e seguidas pela Secretaria Municipal de Educação, ou seja, capacidade reduzida de 35% dos alunos e divisão entre três grupos.

Na Escola Municipal de Ensino Básico Antonio Rodrigues Martins Neto, no bairro Lago Azul, o primeiro dia foi tranquilo e o comparecimento foi grande. A grande mudança também pôde ser percebida no pátio. Na hora do intervalo, funcionárias auxiliavam cada criança a sentar no lugar certo, com distanciamento de um metro e meio do amiguinho, para poder fazer o lanche da manhã, o almoço e o lanche da tarde. A brincadeira ficou para depois, já que o importante mesmo, nesse início, foi o retorno seguro, consciente e de aprendizado a todos.

 


Compartilhe esta notícia!

Veja também

Eva Vilma morre de câncer, aos 87 anos, em SP

Compartilhe esta notícia!Aos 87 anos, morreu na noite desse sábado (15), em São Paulo, a …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *