EXPOSIÇÃO - Produtos tradicionais do Natal estão expostos nos supermercados - DIEGO FERNANDES

Variação de preços de produtos natalinos chega a 85% nos supermercados de Araçatuba

Compartilhe esta notícia!

DIEGO FERNANDES

Desde o começo do mês de dezembro, os supermercados de Araçatuba e região já apresentam gôndolas cheias de produtos tradicionais e muito consumidos no mês do Natal. Panetones, sidras, castanhas, uva passa, peru, chester, tender, dentre outros produtos, já são encontrados em diversos tamanhos e diferentes preços.

A reportagem do jornal O LIBERAL REGIONAL fez uma rápida pesquisa em alguns mercados da cidade e constatou uma variação de preços entre praticamente todos os produtos. O único que demonstrou baixa variação foi a sidra. A tradicional bebida utilizada para brindas as chegadas do Natal e do Ano Novo nas casas de muitas famílias, apresentou preços entre R$ 10,99 e R$ 11,99 em sua garrafa de 660 ml, uma variação próxima de 9%.

O produto observado pela reportagem que apresentou a maior variação de preços foi a castanha-do-pará. Bastante utilizado como aperitivo e como integrante de pratos feitos para a ceia de natal, o produto tem a sua venda precificada a cada 100g. O local mais barato estava vendendo a R$ 6,54, enquanto o mais caro chegava a vender o mesmo produto, da mesma marca, por R$ 12,09, com uma variação de praticamente 85%.

A uva passa, que é consumida neste período de várias formas, desde pura até em pratos como arroz e salada de maionese, também apresentou variação grandes nos locais pesquisados. O preço mais barato encontrado foi de R$ 6,89 a cada 200g; enquanto o mais caro chegada a R$ 11,72 pela mesma quantidade, uma variação de praticamente 70%.

Prato principal

As carnes tradicionalmente servidas como pratos principais nas festas de final de ano também apresentaram diferenças em seus preços de um supermercado para o outro. A mais cara delas é o tender, que é uma espécie de pernil suíno defumado. O produto, levando em consideração uma mesma marca, foi encontrado com preços entre R$ 44 e R$ 49 a cada quilo nos supermercados pesquisados pela reportagem, uma variação de pouco mais de 11%.

Entre as aves, peru e chester apresentam preços parecidos, porém o chester mostra uma variação maior entre o preço menor e o maior nos locais pesquisados. O chester apresenta uma variação de cerca de 16%, tendo sido encontrado a R$ 17,08 o quilo no local mais barato e R$ 19,89 o quilo no mais caro, considerando uma mesma marca.

O peru apresenta uma variação menor entre os supermercados, de cerca de 6%, com o mais caro sendo vendido a R$ 19,08 o quilo, e o mais barato a R$ 17,98 o quilo.

Sobremesa

Dois dos alimentos preferidos desta época do ano e que em anos anteriores ultrapassou o período natalino, passando a ser visto com frequência nos demais meses do ano, os panetones e chocotones também apresentaram as suas variações de preço.

A reportagem escolheu os dois produtos da mesma marca para fazer a comparação. O panetone, feito com frutas cristalizadas, geralmente mais barato que o chocotone, tinha o seu preço mais barato em uma tradicional marca a R$ 10,12 o produto com 400g. O mais caro, da mesma marca e peso, foi encontrado a R$ 12,99, uma variação de 28%.

Matéria-prima do panetone, as frutas cristalizadas apresentaram grande variação, sendo encontradas em preços que variaram entre R$ 3,95 a R$ 7,05 a cada 200g, uma variação de 78%.

No caso do chocotone, a variação de preço desta mesma marca foi menor, ficando em pouco mais de 6%, sendo que os preços para o produto de 500g foram cotados entre R$ 15,99 e R$ 16,99 nos supermercados pesquisados.

MENOR – Peru é o produto que apresenta a menor variação de preço entre estabelecimentos

Compartilhe esta notícia!

Veja também

Carroceiro é multado por maus-tratos a cavalo

Compartilhe esta notícia!DA REDAÇÃO – PENÁPOLIS A Polícia Militar Ambiental autuou em R$ 3 mil …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *