22.5 C
Araçatuba
quinta-feira, junho 30, 2022

Vacinação contra o sarampo tem baixa adesão em Araçatuba

DIEGO FERNANDES – ARAÇATUBA

Araçatuba mantém um índice muito baixo de vacinação contra o sarampo. Segundo os últimos dados divulgados pela vigilância epidemiológica de Araçatuba, apenas 26,9% do público-alvo havia recebido a vacina contra a doença, bem abaixo dos 95%, que é a meta do Ministério da Saúde para controle da doença.

Os dados de vacinação contra o sarampo foram atualizados pela última vez no município no último dia 10 de junho. Eram 2.662 crianças maiores de 6 meses e menores de 5 anos que haviam tomado o imunizante. 

A taxa de vacinação contra o sarampo em Araçatuba é ainda menor do que a registrada no estado de São Paulo, que também está muito baixa, em 31%. 

Para a diretora da vigilância epidemiológica de Araçatuba, Priscila Cestaro, as pessoas têm perdido a confianças nas vacinas e tem havido uma falta de conscientização dos pais das crianças.

Em todo o estado de São Paulo foram 9 casos de sarampo em 2021 e 883 em 2020. Isso porque em 2016 o Brasil chegou a receber um certificado de erradicação da doença da Organização Mundial da Saúde, premiação essa perdida em 2019, quando mais de 20 mil casos foram registrados em todo o país.

Segundo a pediatra, Dra. Rachel Quaresma, o sarampo é uma doença que pode evoluir para quadros graves que aumentam os riscos de óbito das crianças.

“É uma doença muito grave, pode evoluir para encefalite, que são complicações neurológicas e pode levar a óbito as crianças menores. Pode desenvolver sequelas como surdez, cegueira, pneumonia em quadros graves. A gente pede que as mães se conscientizem e levem seus filhos (para se vacinar)”, afirmou.

A vacina contra o sarampo está disponível em todas as unidades básicas de saúde do município. 

 

Ultimas Noticias