FECHADA - Queda de árvore fechou a Marechal Deodoro e deixou muitas casas e estabelecimentos sem energia ANTÔNIO CRISPIM

Temporal deixa rastro de destruição na região e causa falta de energia por longo período

DA REDAÇÃO – ARAÇATUBA
O temporal que atingiu cidades da região, principalmente Araçatuba e Birigui, na noite de quinta-feira, deixou um rastro de destruição, com muitas árvores caídas, postes tombados e fios nas ruas. Em Birigui, o Largo da Raquete mais uma vez ficou inundado e carros foram atingidos. Em Araçatuba foram muitas árvores caídas, além de pontos de alagamento. Hoje por volta de 15 horas algumas regiões da cidade ainda estavam sem energia, como o Bairro Santana e parte do Nova Iorque. Moradores disseram que já estavam perdendo alimentos.
A chuva começou por volta de 19h30. No entanto, variou de intensidade de acordo com a região de Araçatuba. O maior volume de chuva e fortes rajadas de vento ocorreram depois das 20 horas e choveu por longo período.
Durante a noite, equipes do Corpo de Bombeiros, da Defesa Civil e da CPFL trabalharam. Mesmo assim, na manhã dessa sexta-feira o quadro ainda era de muitos danos com árvores caídas em vários pontos da cidade. Por volta de 9h30, o Corpo de Bombeiros informou que ainda havia 23 ocorrências em aberto. Isso mostra que foram dezenas de chamados desde o início da noite de quinta-feira.
Mesmo com a gravidade da situação, com quedas de árvores e alagamentos em Araçatuba e Birigui, felizmente não houve registro de vítima.

ENERGIA
A falta de energia atingiu várias regiões de Araçatuba. Moradores do Residencial Atlântico relataram que a energia voltou apenas na madrugada de sexta-feira. Já parte do Iorque e do Santana, ontem às 15 ainda havia reclamações de falta de energia. Morador da Rua Bastos Cordeiro reclamou dos fios caídos na via pública e da falta de energia. O trabalho de remoção dos fios foi feito após as 15 horas, com estabelecimento da energia.
” CPFL Paulista informa que registrou interrupções pontuais de energia em Araçatuba na noite de ontem, 25, por causa da chuva e ventos fortes que atingiram as cidades. Mesmo com a dificuldade no deslocamento nos municípios após o temporal, a distribuidora trabalhou com todo o seu efetivo para restabelecer o fornecimento de energia com a maior agilidade possível. As equipes seguem em campo finalizando alguns casos pontuais. Os clientes que estiverem sem luz ou que precisarem entrar em contato com a CPFL devem priorizar os canais digitais, como WhatsApp (19) 3795-1705, site http://www.cpfl.com.br, aplicativo CPFL Energia e SMS 27351″, informou nota da concessionária ontem no início da tarde.
A CPFL não informou o total de ocorrências e o número de consumidores que ficaram sem energia e em qual período. “Durante tempestades e ventos fortes, os clientes devem redobrar a atenção para evitar acidentes com a rede elétrica. A queda de árvores e outros objetos na fiação, por exemplo, pode levar ao rompimento dos cabos de energia e ocasionar acidentes graves. A CPFL Paulista recomenda que, em caso de identificação de algum cabo rompido ou caído no chão, é essencial que o serviço emergencial da distribuidora seja acionado pelos canais de atendimento.”, disse por meio de nota, reforçando que nestes casos o Corpo de Bombeiro também deve ser acionado.

PERIGO – Árvore comprometeu o trânsito na Avenida dos Estados
DAVID PRATES
SEM SAÍDA – Com queda de árvore, morador do Hilda Mandarino não tinha como sair de casa
DIVULGAÇÃO

Veja também

Reservatórios começam encher e hidrovia pode voltar a operar em maio

ANTÔNIO CRISPIM – ARAÇATUBA As operações da Hidrovia Tietê-Paraná estão suspensas nos reservatórios das usinas …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *