Sono, Qualidade de Vida e Saúde

PAULO AUGUSTO LEITE MOTOOKA

 

Para que serve o sono? Que é mais importante: comer, beber água, fazer atividade física ou dormir? Que acontece enquanto dormimos? E quando dormimos pouco? É possível melhorar a qualidade do sono?
Não é tão fácil definir o sono, por isso, optamos por fazê-lo de modo simples: sono é o estado fisiológico cíclico e transitório, que se alterna com a vigília. Se estar acordado é satisfatório para aproveita os prazeres da vida, tais como, comer, beber, dançar, viajar, ler, pescar, brincar, festar; da mesma maneira é importante dormir para fortalecer o sistema imunológico e liberar hormônios, especialmente o responsável pelo crescimento das crianças.
Lembrando que o hormônio do sono, conhecido por “melatonina” é produzido sempre que ocorre a redução da luz natural, ou seja, ao final do dia com o anoitecer. Este importante hormônio contribui com a regulação do ciclo circadiano (relógio biológico) e para um estado de relaxamento necessário para o descanso reparador. Com isso o corpo recompõe as energias e restabelece a disposição necessária para o desempenho das atividades ao longo do dia.
Por outro lado, a falta de sono ou um sono de má qualidade poderá ter como consequência estresse, ansiedade, agressividade, hipertensão, diabetes, problemas cardiovasculares, redução da concentração, acidentes de trânsito e até depressão.
Sabe-se que as preocupações do dia-a-dia, os problemas relacionados ao ambiente do trabalho, ao desemprego, às questões financeiras, afetivas e sociais, podem causar insônia situacionais ou crônicas e provocar inúmeros distúrbios.
Como se vê o sono é tão importante quanto todas as demais necessidades biológicas, psicológicas, sociais e espirituais. A boa notícia é que sempre é possível melhorar a qualidade do sono e ter uma boa qualidade de vida.
Para isso basta praticar exercícios físicos, manter uma alimentação moderada e equilibrada, deitar em uma cama confortável, mas ainda evitar o tabaco, o álcool e as bebidas com cafeína (café, chá preto, coca-cola, etc) ao anoitecer.
Quando já estiver deitado pronto para dormir é importante: manter uma temperatura adequada, com pouca luz e mínimo de ruído, evitar assistir televisão, jogos eletrônicos e redes sociais, alimentar-se na cama, e não levar preocupações para a cama.
Por fim, manter-se bem fisicamente, psicologicamente, socialmente e espiritualmente, poderá evitar distúrbios e melhorar a Qualidade de Vida. A propósito, boa noite e bom sono.

Coronel PM PAULO AUGUSTO LEITE MOTOOKA
Comandante da Polícia Militar Ambiental do Estado de São Paulo
Mestre e Doutor em Ciências Policiais de Segurança e Ordem Pública
Bacharel em Psicologia, Direito e Especialista em Direito Ambiental

 

Veja também

RACISMO ESTRUTURAL

ADELMO PINHO O artigo 5º da Constituição da República Federativa do Brasil estabelece que todos …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *