20.3 C
Araçatuba
terça-feira, agosto 16, 2022

Sobre portas

FERNANDA COLLI
Raramente compreendemos situações em que as portas parecem se fechar diante de nós. Sofremos tanto tentando entender o ocorrido, muitas vezes repetindo uma série de erros, insistindo muitas vezes para ficar, quando na verdade a solução é simplesmente respirar e seguir em frente.
As vezes a gente perde muito tempo tentando reabrir ou abrir uma porta que se fechou, que não se abre ou que não pode ser aberta sem ao menos perceber as outras portas e outros caminhos possíveis e prontos para nos oferecer algo bom.
Não vale a pena insistir em coisas e portas que nos trazem desgaste. Não vale a pena forçar, quebrar a fechadura, tentar arrombar. Quando você faz sua parte, as chaves surgem na sua mão e você abre a porta naturalmente. Por isso é importante jamais confundirmos esforço com insistência em vão.
Só entre em portas que sejam realmente suas. Não insista. As coisas ficam bem mais leves quando passamos a entender que nada é por acaso e para que nossa vida tome um novo rumo, portas precisam ser fechadas e renovadas. Acredite no poder que você tem. Acredite no poder de Deus e entenda: nessa dádiva de viver diariamente para abrirmos fecharmos portas, o que importa será sempre a nossa paz.

Fernanda Colli pedagoga, psicopedagoga, Arte Educadora, presidente do Conselho Municipal de Cultura

Ultimas Noticias