MAIORIA - A maior parte dos condutores de veículo com registro profissional em Araçatuba trabalham com delivery

Serviços de delivery mantém em alta número de pessoas que trabalham com seus veículos

Compartilhe esta notícia!

DIEGO FERNANDES – ARAÇATUBA

Mesmo com a baixa no número de trabalhadores autônomos no transporte por aplicativo, os serviços de delivery mantiveram a alta de pedidos de profissionalização na Carteira Nacional de Habilitação, principalmente após o período de pandemia.

 

Dados divulgados pelo Detran SP apontam que o número de pedidos para inclusão do EAR (Exerce Atividade Remunerada) na CNH aumentou quase 11% no estado de São Paulo entre maio de 2019 a maio de 2021. São mais de 5 milhões de condutores registrados com a sigla em seus prontuários. O EAR é a sigla que indica a utilização da condução de veículo como meio profissional.

 

Em Araçatuba, o crescimento foi ainda maior, de 17,5%. Atualmente, são 13.650 habilitações registradas na base do Detran, contra cerca de 11.500 condutores em maio de 2019. O número atual corresponde a praticamente 10% do total de motoristas de Araçatuba. Segundo o IBGE, Araçatuba possui hoje 136.690 condutores habilitados para direção de veículo automotor. 

 

De acordo com diretor de habilitação do Detran SP, Raul Vicentini, o crescimento no número de serviços de delivery é o grande causador deste aumento no número de condutores de veículo profissionais em Araçatuba e no estado.

 

“Diz respeito muito ao momento que passamos e à necessidade. Muitas pessoas perderam os seus postos de trabalho em outras atividades, e agora como forma de se recolocar no mercado de trabalho teve que se readaptar com o exercício de outro tipo de atividade renumerada”, afirmou.

 

As empresas que fazem delivery são as grandes responsáveis pelo aumento no número de condutores que utilizam seus veículos como forma de sustento. De acordo com dados da Associação Brasileira Online to Offline, houve aumento de 538% de novos colaboradores cadastros em empresas de delivery. Segundo Raul Vicentini, do Detran, esse tipo de serviço, intensificado pela pandemia, veio para ficar.

 

Raul Vicentini explicou que estes condutores que possuem o EAR em suas carteiras de habilitação, possuem alguns benefícios.

 

“Todos aqueles que passam a exercer atividade remunerada possuem benefícios, podendo trabalhar e podem fazer uma reciclagem preventiva quando atingem um determinado número de pontos. Algumas empresas de serviços de delivery acabam exigindo por lei a inserção do EAR na CNH dos seus motoristas”, explicou Vicentini, ressaltando a obrigatoriedade deste tipo de registro para motoristas que pretendem utilizar seu carro ou moto para estes serviços. 

 


Compartilhe esta notícia!

Veja também

Diretoria inicia ações da ‘semana Nacional de Trânsito’

Compartilhe esta notícia!DA REDAÇÃO – TRÊS LAGOAS É celebrado este ano entre os dias 18 …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *