Home Cidades Araçatuba Resolução garante energia elétrica até o final de junho

Resolução garante energia elétrica até o final de junho

5 minutos de leitura
Compartilhe esta notícia!

DIEGO FERNANDES – ARAÇATUBA

Desde o último dia 25 de março, a CPFL Paulista, empresa concessionária do serviço de energia elétrica em Araçatuba e várias cidades da região, iniciou a suspensão do corte no fornecimento do serviço para consumidores residenciais inadimplentes e beneficiados de baixa renda, conforme medida da ANEEL, a Agência Nacional de Energia Elétrica. Neste caso, a garantia do abastecimento acontecerá pelo prazo de 90 dias (três meses) e a medida está em vigor em todo o Brasil e atinge também as demais distribuidoras.

A medida também foi colocada em vigor garantindo o fornecimento de energia em serviços essenciais, como hospitais, unidades de saúde em geral e de segurança, por exemplo. Outras classes de clientes não se adequam nesta medida.

Em conversa com a reportagem do jornal O LIBERAL REGIONAL, o consultor de negócios da CPFL, Kléber de Almeida Araújo, comentou que as contas seguirão sendo entregues aos consumidores e que o acúmulo causará cobrança de juros. “Neste período em que não poderemos efetuar o corte nas unidades consumidoras residenciais, as contas de energia serão faturadas e entregues normalmente. Seja na própria residência, pelos entregadores, quem optou receber por e-mail, também será enviada mensalmente por e-mail, não vai mudar nada. Após os três meses, as contas de energia que não forem sendo pagas no período, elas se acumularão e estarão sujeitas a suspensão do serviço após o término da resolução. Então orientamos os clientes, para que na medida do possível, quem conseguir fazer o pagamento dessas contas que o façam, para que não haja esse acúmulo e fique uma situação muito mais complicada ao final do término da resolução”, alertou o consultor da CPFL.

De acordo com Kléber Araújo, os clientes que estiverem com contas em atraso também não terão o serviço de energia elétrica cortado pelos próximos 90 dias. “Após esse período, essas contas de energia estarão vencidas e sujeitas a suspensão do fornecimento, então orientamos para que os clientes façam o pagamento na medida do possível, para que não haja um acúmulo de valores a ser pago depois”, completou.

Em nota distribuída à imprensa, CPFL alertou que desde o dia 20 de março já havia suspendido o atendimento presencial ao público, que também faz parte da medida da ANEEL. A empresa mantém atendimento pelos seus canais digitais, no site cpfl.com.br e no aplicativo “CPFL Energia”, disponível para smartphones e tablets.

A CPFL Paulista atua na distribuição de energia para 234 municípios no interior do Estado de São Paulo, incluindo Araçatuba, atendendo cerca de 4,5 milhões de consumidores nestes locais. O prazo de concessão da empresa termina em 2027.


Compartilhe esta notícia!