NÍVEL - Por ser fio d'água, Usina de Nova Avanhandava tem poucos problemas de variações do nível do reservatório

Reservatórios das usinas da região estão com 50% do volume útil

Compartilhe esta notícia!

DA REDAÇÃO – ARAÇATUBA

Nessa semana a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) reativou o sistema de bandeira tarifárias e definiu a bandeira vermelha patamar 2 para o mês de dezembro, a mais alta, com custo de R$ 6,243 para cada 100 quilowatts/hora consumidos. Portanto, o brasileiro já está pagando mais caro pela energia elétrica. Em maio deste ano, em razão da pandemia de covid-19, a Aneel havia decidido manter a bandeira verde acionada até 31 de dezembro deste ano. Entretanto, em reunião extraordinária, a diretoria do órgão avaliou que a queda no nível de armazenamento dos reservatórios das usinas hidrelétricas e a retomada do consumo de energia justificavam o aumento. Os reservatórios das usinas da região estão, em média, com 50% do volume útil. No entanto, muitas outras usinas estão em situação mais preocupante.

Em carta enviada à Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) na semana passada, o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) aponta preocupação com o abastecimento de energia elétrica no país. O órgão prevê “dificuldade no atendimento eletroenergético, pelo menos até o final deste ano” em razão do baixo nível dos reservatórios. Este documento serviu de base par4a a decisão da Aneel de autorizar cobrança extra na conta de luz dos consumidores a partir deste mês

O nível dos reservatórios do subsistema Sudeste/Centro-Oeste, que responde pela geração de aproximadamente 70% da energia consumida no país — estava em 17,59% e do subsistema Sul em 17,92% da capacidade total.

De acordo com o ONS, a situação crítica nos dois subsistemas está persistindo, mesmo com todas as medidas adotadas pelo Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico (CMSE), que em outubro autorizou o acionamento de usinas térmicas, cuja energia é mais cara, e a importação de energia da Argentina e do Uruguai.

Por isso, o Operador Nacional do Sistema Elétrico  julga necessário o acompanhamento da evolução das condições hidroenergéticas nas próximas semanas. Recomenda até mesmo adoção de medidas adicionais visando a garantia do atendimento eletroenergético do SIN [Sistema Interligado Nacional] neste horizonte, bem como no início do ano de 2021”.

Recentemente o CMSE realizou uma reunião extraordinária e decidiu propor o acionamento de térmicas que utilizam gás natural liquefeito — que precisam ser acionadas com 60 dias de antecedência — e a flexibilização de restrições hidráulicas das usinas hidrelétricas da bacia do São Francisco, de Ilha Solteira e de Três Irmãos (as duas últimas na região).

No documento encaminhado à Aneel, o órgão avalia que, em outubro, a chamada Energia Natural Afluente, que mede a capacidade de geração da energia a partir da vazão de água de uma bacia para um reservatório, atingiu o mais baixo patamar dos últimos 90 anos. Em novembro, apresentou o segundo pior desempenho no mesmo período.

“Essa situação de afluências críticas vem acarretando um acentuado esvaziamento dos principais reservatórios do SIN, através da qual é possível verificar a deterioração das condições de armazenamento dos principais reservatórios de usinas que compõem os subsistemas Sudeste/Centro-Oeste e Sul”, diz o órgão.

 

REGIÃO

A flexibilização das restrições nos reservatórios de Ilha Solteira e Três Irmãos já está refletindo no nível do volume útil, que caiu mais de 10% em poucas semanas. Os reservatórios das usinas dos rios Paranaíba e Grande, formadores do Paraná, estão em situação crítica,

 

OS RESERVATÓRIOS

Rio Grande

FURNAS                               13,96%

MARIMBONDO                  3,67%

ÁGUA VERMELHA           1,62%

Rio Paranaíba

SÃO SIMÃO                        7,56%

ITUMBIARA                       1,95%

Rio Paraná

ILHA SOLTEIRA                  49,04%

Rio Tietê

BARRA BONITA 50,14%

TRÊS IRMÃOS                    51,57%

 

 


Compartilhe esta notícia!

Veja também

Fase vermelha começa hoje em SP e empresários de Araçatuba já se preparam para possível prorrogação

Compartilhe esta notícia!DIEGO FERNANDES – ARAÇATUBA Tem início hoje a fase vermelha em todo o …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *