Região amplia a geração de empregos e Birigui lidera a oferta de trabalho

Compartilhe esta notícia!

ANTÔNIO CRISPIM – Araçatuba

O Ministério do Trabalho divulgou ontem os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Novo Caged). Os números referem-se ao mês de agosto. O Brasil registrou saldo de 372.265 novos trabalhadores contratados com carteira assinada. Na região os números também foram positivos, com destaque para Birigui, com 556 novos postos de trabalho, sendo 498 na indústria.
Segundo o professor e economista Marco Aurélio Barbosa de Souza (FAC-FEA), o resultado apresentado pelas maiores cidades da região para o mês de agosto, consolidam a retomada do crescimento da economia regional, trazendo ótimas expectativas para o resultado dos próximos meses e o fechamento do ano de 2021.
O pesquisador destaca vários aspectos positivos: o saldo positivo no mês; o resultado acumulado do ano; o equilíbrio na geração de empregos entre os principais setores produtivos, em especial, indústria, comércio e serviços, elementos que indicam o despertar de um ciclo positivo de crescimento regional.
Souza explica, que o desempenho regional, segue a tendência observada para o conjunto da economia brasileira.
Ao analisar a dinâmica de geração de empregos de cada município, constata-se as diferenças em suas estruturas produtivas, com economias que apresentam força maior no setor de comércio e serviços e outras tendo a indústria como segmento impulsionador da empregabilidade, explica o economista.
Nesse sentido, o grande destaque do mês e do acumulado do ano, foi a cidade de Birigui, que registra saldo positivo de 1.642 empregos entre janeiro e agosto, sendo a economia biriguiense estratégica do ponto de vista do setor industrial. Araçatuba, Andradina e Penápolis também trazem resultados expressivos, tendo o setor de serviços liderado, nos respectivos municípios, a geração de empregos.
Essa diferenciação e complementaridade estrutural dos sistemas econômicos das maiores cidades da região é um elemento importante para se pensar nas potencialidades e estratégias de crescimento e desenvolvimento regional e em sua sustentabilidade ao longo do tempo. São fatores importantes para evitar a concentração produtiva em um único setor e as vulnerabilidades que a situação pode gerar. Portanto, a região tem plena condição de continuar em sua trajetória de crescimento.
De acordo com levantamento feito pela reportagem, o desempenho de Birigui em agosto refletiu no acumulado do ano. A capital do calçado infantil teve saldo de 556 empregos em agosto e 1.642 no acumulado de janeiro a agosto, com destaque para a indústria. Araçatuba ficou com saldo de 261 em agosto e 1.456 no acumulado e o destaque foi o setor de serviços. Andradina teve saldo de 83 vagas em agosto e 1.435 no acumulado, com destaque para o setor de serviços. Lins ficou com 105 vagas em agosto e 1.330 no acumulado, com o setor de serviços no destaque. Penápolis teve saldo de 29 em agosto e 1.153 no acumulado, tendo serviço como setor principal.

BRASIL
O Brasil registrou um saldo de 372.265 novos trabalhadores contratados com carteira assinada em agosto de 2021. O saldo é o resultado de um total de 1.810.434 admissões e 1.438.169 desligamentos. De acordo com o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Novo Caged), divulgado ontem (29) pelo Ministério do Trabalho, o salário médio de admissão caiu 1,42% na comparação com o mês anterior, ficando em R$ 1.792,07.
No acumulado no ano, o saldo passou a somar 2.203.987 postos ocupados, decorrente de 13.082.860 de admissões e de 10.878.873 demissões. O estoque nacional, que é a quantidade total de vínculos celetistas ativos, em agosto de 2021, contabilizou 41.566.955, o que representa uma variação de 0,9% em relação ao estoque do mês anterior.
Regiões e estados
A Região Sudeste foi a que gerou mais postos de trabalho. O saldo positivo ficou em 185.930 vagas, o que corresponde a um aumento de 0,88% ante julho. No Nordeste foram criados 82.878 postos (crescimento de 1,25%); na Região Sul o saldo também ficou positivo (54.079 postos, +0,69%), a exemplo do Centro-Oeste (+29.690 postos, +0,84%) e do Norte (+19.778 postos, +1,03%).

CRESCIMENTO – Oferta de postos de trabalho está crescendo no Brasil, conforme dados do Caged

 

DESTAQUE – Na região, Birigui liderou a oferta de emprego, superando a soma das outras quatro maiores

Compartilhe esta notícia!

Veja também

Shopping faz entrega de mil exemplares de livro em escolas e entidades de Araçatuba

Compartilhe esta notícia!DIEGO FERNANDES – ARAÇATUBA Como parte da programação do mês das crianças, a …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *