CASTILHO - Município é um dos beneficiados com moradias do estado, serão 128 novas residências

Regiões de Araçatuba e Andradina receberão mais de 600 moradias do programa Nossa Casa

Compartilhe esta notícia!

Diego Fernandes – Castilho / Auriflama

Cinco cidades das regiões de Araçatuba e Andradina serão contempladas com a construção de unidades habitacionais do programa Nossa Casa:CDHU. O anúncio foi feito nesta quarta-feira (29), pelo governador João Doria e pelo secretário de estado da habitação, Flávio Amary.
A cidade da região que mais vai receber novas moradias será Auriflama, que terá 300 novas unidades construídas. Outro destaque é o município de Castilho, que vai receber ao todo 128 novas moradias.
Serão outras 80 casas em Valparaíso, 70 em General Salgado e 30 em Nova Independência. No total, as regiões de Araçatuba e Andradina terão 608 novas unidades.
De acordo com o secretário de habitação, Flávio Amary, pela modalidade Nossa Casa:CDHU serão 6.964 unidades em todo o estado em 80 conjuntos habitacionais, sendo 76 empreendimentos de casas e quatro de apartamentos.
As casas serão construídas em duas etapas pela CDHU em parceria com os municípios que doaram os terrenos. Na primeira etapa, será realizada a urbanização dos lotes com pavimentação e implantação de redes de água e esgoto, iluminação entre outros itens. Na etapa seguinte, ocorre o início das obras. Já as unidades em apartamentos serão construídas por meio de licitação única.
Por esta modalidade, os imóveis contam com dois dormitórios, sala, cozinha, banheiro e área de serviço. O financiamento dos imóveis segue os critérios da CDHU e as novas diretrizes da Política Habitacional do Estado, que preveem juros zero para famílias com renda mensal de até cinco salários mínimos. Assim, os mutuários pagam praticamente o mesmo valor ao longo dos trinta anos de contrato, que sofre apenas a correção monetária anual calculada pelo IPCA, o índice oficial do IBGE.

Total
Ao todo, serão construídas cerca de 10.500 unidades em 87 municípios do estado. O investimento estimado pelo governo estadual em todas elas será de R$ 1,1 bilhão.
“A habitação social foi abandonada no Brasil, mas em São Paulo fizemos a reforma administrativa e viabilizamos recursos para fazer política de habitação social. Hoje estamos realizando a entrega desse programa para mais de 10.500 famílias, 1 bilhão e 100 mil reais adicionais”, afirmou o governador ao falar sobre o investimento.
Na modalidade Nossa Casa: CDHU serão feitas 6.964 unidades, sendo outras 2.566 na modalidade Nossa Casa: Preço Social, e 989 unidades pela modalidade Nossa Casa: Apoio.


Compartilhe esta notícia!

Veja também

Speed Park conclui mais uma edição da escolinha de kart

Compartilhe esta notícia!DA REDAÇÃO – BIRIGUI A escolinha de kart é um projeto gratuito, realizado …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *