6.4 C
Araçatuba
quarta-feira, maio 18, 2022

PREFEITURA DE ARAÇATUBA REALIZARÁ CONCURSO PÚBLICO PARA 274 VAGAS

O que era para ser apenas uma seleção destinada a postos na área da educação acaba de virar uma grande oportunidade para quem quer trabalhar no serviço público. A Prefeitura de Araçatuba fará, em breve, concurso público para o preenchimento de 274 vagas em diferentes cargos.

A informação consta em resposta enviada pela gestão do prefeito Dilador Borges (PSDB), na segunda-feira passada, à Câmara em requerimento do vereador Gilberto Batata Mantovani (PR).

Em seu pedido de informações, encaminhado ao Executivo no último dia 1º, o parlamentar perguntava se já foi aberto concurso público para a contratação de agentes escolares – o cargo foi criada por lei complementar em 3 de outubro do ano passado. E questionava ainda se já havia data para a realização do certame.

Em sua manifestação, a gestão tucana informa que, além das funções de agente, o concurso em gestação no Paço Municipal servirá ainda para o preenchimento de vagas em outros 47 cargos, compreendendo um total de 274 vagas. E é justamente por causa dessa ampliação que a prova, até agora, não foi realizada, diz o município.

De acordo com o documento, assinado pelo assessor executivo da Secretaria de Governo, Thiago Henrique Braz Mendes, contrato com a empresa que será responsável pelo concurso, a Fundação Vunesp, foi assinado em 25 de abril deste ano. No entanto, no dia 22 de junho, houve seu primeiro aditamento, solicitado pela Secretaria Municipal de Saúde, para a inclusão dos cargos de almoxarife e de dentista. Isso, ressalta a Prefeitura, “acarretou de certa forma uma paralisação por questões burocráticas”.

O poder público local, porém, ainda não informou quais os outros cargos que terão oportunidades abertas na seleção. Do total de cargos oferecidos, quatro terão como exigência o ensino fundamental. Dezenove serão de nível médio e 23, superior. Segundo a administração municipal, a complexidade é tanta que os editais serão divididos em três, separando os cargos que exigem outras provas além de testes, como os de guarda municipal e os de nível superior na educação. “O concurso público encontra-se em pleno desenvolvimento”, diz o governo, na resposta. “O presente concurso público, além de ser complexo, não é feito somente para o cargo de agente escolar.”

No momento, conforme a Prefeitura, os editais estão em análise em seu departamento jurídico.

“Recentemente, a empresa nos enviou os editais para a conferêcia, os quais foram encaminhados para o jurídico desta Prefeitura, sendo certo que ainda terão outras”, diz a resposta.

“O presente concurso público encontra-se em ritmo acelerado em se tratando que o contrato foi assinado em abril, com um aditamento em junho/2018, dessa forma, diante da complexidade e das demandas exigidas, não se tem como precisar as datas de provas no momento, mas será em breve”, encerra a gestão municipal.

CONTRATAÇÃO AJUDARÁ A COMBATER A FALTA DE VAGAS NAS CRECHES
Apesar de o concurso servir para o preenchimento de vagas em outros setores, para a educação, tem um valor estratégico: ajudar a combater um dos maiores gargalos da rede municipal de ensino, o déficit de vagas nas escolas públicas. De acordo com reportagem publicada por O LIBERAL REGIONAL no dia 14 de julho, a contratação dos agentes escolares é uma das saídas vistas pela Secretaria Municipal de Educação para acabar com a falta de vagas nas creches. Pelo menos até aquela data, o município tinha 839 crianças à espera de oportunidade em suas unidades de ensino. A maior parte dos agentes, conforme disse a secretária de Educação, Silvana de Souza e Souza, atenderá nas creches, onde estão a maior demanda. Outras ações para resolver o problema são a construção de nova escola e a abertura de novas turmas.

A expectativa pela realização do concurso é grande. O requerimento de Batata foi o terceiro apresentado pelo Legislativo, em menos de um ano, sobre o tema. O primeiro foi em dezembro de 2017, também de autoria de Batata, enquanto o segundo teve como autor o vereador Arlindo Araújo (PPS), em março deste ano.

Ontem, uma comissão de ADIs (Agentes de Desenvolvimento Infantil) esteve reunida com o vereador Denilso Pichitelli (PSL) para saber sobre o concurso. Segundo o parlamentar, elas também estão na expectativa justamente para melhorar o atendimento à demanda existente e combater a falta de vagas.

Arnon Gomes

Ultimas Noticias