ANÚNCIO - Governo municipal anuncia providências para aumento da capacidade de atendimento para covid-19

Prefeito e secretária de Saúde anunciam novo local para atendimento de covid-19 e plano de vacinação

Compartilhe esta notícia!

DIEGO FERNANDES – BIRIGUI

O prefeito de Birigui, Leandro Maffeis (PSL) e a secretária municipal de Saúde, Adriana Sangaletti, fizeram uma live na página pessoal do prefeito em uma rede social e falaram sobre o plano de vacinação e comentaram sobre as providências para que Birigui tenha mais espaço para atendimento de casos graves do coronavírus.

De acordo com o que foi informado na live, a prefeitura pretende reativar o antigo Pronto Socorro Municipal, que fica na área central da cidade, para atender casos específicos de covid e criar uma alternativa para a Santa Casa.

Todos os serviços que funcionam no local serão mantidos e haverá uma reorganização de salas para que haja espaço para os atendimentos de covid. O prédio abriga atualmente do Centro Médico Hospitalar, além dos Ambulatórias de Saúde da Mulher e da Criança, além de diversas especialidades médicas.

A secretária de Saúde de Birigui, Adriana Sangaletti, afirmou que a ideia foi dada para a gestão anterior, comandada pelo ex-prefeito Cristiano Salmeirão (PTB), porém não foi colocada em prática, já que o grande aumento no número de casos graves e internações ocorreu já nos últimos dias do antigo mandato.

“Tenho acompanhado a taxa de ocupação de leitos, tanto do nosso município quanto da nossa região, ela está preocupante sim, nós essa semana atingimos o ápice de ocupação de leitos, então nós precisas nos precaver. Tomara que nós não utilizemos nenhum deles, mas se precisarmos eles estarão lá”, afirmou a secretária Adriana Sangaletti durante a transmissão ao vivo.

O prefeito endossou a informação passada pela secretária. Não foi informado, porém, o número de novos leitos que serão abertos no antigo pronto-socorro.

“Esses leitos de covid que estamos fazendo é uma precaução, se vier um boom novamente nós já temos esses leitos”, disse o prefeito.

A titular da pasta da Saúde de Birigui também comentou que os atendimentos que ocorrem no antigo pronto-socorro seguirão acontecendo, como por exemplo o atendimento de mulheres grávidas.

“Precisei tirar estes serviços deste local, colocá-los em outro. O atendimento de saúde da mulher vai continuar da mesma forma, no mesmo local, só em um espaço diferente no mesmo prédio. A gestante vai ser atendida apenas há alguns passos de distância”, explicou ela, garantido que o serviço não irá ser paralisado.

O prefeito Leandro Maffeis (PSL) fez um apelo para que a população se previna para que a taxa de contágio no município não siga aumentando.

“População, se previna, usem máscara. Nós estamos andando em vários lugares aí, a população está sem máscara. Não é brincadeira. Os óbitos estão aumentando”, alertou o chefe do executivo.

Não foi informada data do início deste serviço e nem o número de leitos que estarão disponíveis.

Plano de vacinação terá drive-thru

Durante a live, a secretária de saúde de Birigui, Adriana Sangaletti, informou que serão pelo menos 12 locais de vacinação que serão disponibilizados pela prefeitura a partir do dia 25 de janeiro para início da imunização contra a covid-19.

Na primeira fase, que envolve profissionais de saúde e indígenas, as doses serão aplicadas nos próprios estabelecimentos de saúde, como hospitais, UBSs e nos locais que abrigam idosos, como o Recanto do Vovô e o Abrigo Vó Tereza.

Os trabalhadores da rede privada de saúde deverão ser vacinados na UBSs. A primeira dose começa a ser aplicada no dia 25 de janeiro e a segunda dose no dia 15 de fevereiro, segundo cronograma estadual.

Haverá também a vacinação no sistema drive-thru para os idosos, a partir do dia 8 de fevereiro. Segundo a secretária, os locais onde ocorrerá está vacinação serão divulgados nesta segunda-feira.

O prefeito Leandro Maffeis (PSL) afirmou que o município está preparado e que há seringas e agulhas suficientes para o início da imunização.

Recomendação do estado

Mesmo após a recomendação do governo estadual, a prefeitura de Birigui não se posicionou sobre o pedido do estado para endurecer as restrições do comércio e serviços por causa da ocupação de leitos de UTI para tratamento de pacientes com covid-19.

Por enquanto, o comércio segue funcionando seguindo às diretrizes da fase laranja do Plano São Paulo, com as lojas funcionando das 9h às 17h a partir desta segunda-feira. Restaurantes seguirão atendendo presencialmente no período diurno.

De acordo com comunicado enviado via assessoria de imprensa neste sábado, a prefeitura deve definir se permanece com o comércio na fase laranja nesta segunda-feira.

ADAPTAÇÃO – Prédio do antigo Pronto-Socorro municipal está sendo adaptado para receber leitos de covid

 


Compartilhe esta notícia!

Veja também

Hospitais vão suspender cirurgias eletivas com fase vermelha

Compartilhe esta notícia!DIEGO FERNANDES – ARAÇATUBA Como forma de priorizar os atendimentos para pacientes com …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *