IRREGULAR - Além de não ter nota dos produtos, policiais perceberam evidências de produtos falsificados

Polícia Civil prende homem e fecha comércio irregular em Lins

Compartilhe esta notícia!

DA REDAÇÃO – LINS

A Polícia Civil de Lins (SP) prendeu em flagrante um estrangeiro que atuava de forma irregular no comércio linense. Após receber informações referente à atuação de um comerciante no centro da cidade, os investigadores dirigiram-se ao estabelecimento localizado à rua Olavo Bilac e averiguaram que o indivíduo mantinha uma loja de roupas sem cumprir as formalidades legais para o comércio.
Ao ser questionado, o comerciante não soube explicar sobre a documentação da pessoa jurídica, sendo impossível sequer a emissão de nota fiscal para os consumidores.
No local, também foi constatado que os produtos do mostruário e estoque não tinham nota fiscal de entrada, impossibilitando apontar sua origem e muitas delas ostentavam nome, logos e etiquetas de grifes, mas apresentando baixa qualidade, típica de produtos “pirateados”.
Diante dos fatos o delegado titular da DIG de Lins autuou H. R. em flagrante delito por crime contra ordem tributária. Apura-se, ainda, crimes contra os direitos autorais.
Foram acionados, também, os fiscais do Procon e o setor de Postura da Prefeitura Municipal de Lins, que tomaram as medidas administrativas cabíveis. (William Abdalla)

 


Compartilhe esta notícia!

Veja também

Hospitais vão suspender cirurgias eletivas com fase vermelha

Compartilhe esta notícia!DIEGO FERNANDES – ARAÇATUBA Como forma de priorizar os atendimentos para pacientes com …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *