PORTO - Local está com blocos de concreto desde o dia 31 de março, dificultando acesso de quem gosta de pescar

Pescadores reclamam da interdição de acesso ao Rio Tietê

Compartilhe esta notícia!

DA REDAÇÃO – ARAÇATUBA

A atividade pesqueira é muito praticada na região, tanto por profissionais, que vivem do que exploram nos rios como por amadores, que têm na pescaria momentos de recreação e lazer. Porém, uma decisão da Prefeitura de Araçatuba vem causando muitas reclamações. Com o uso de blocos de concreto, a Secretaria de Mobilidade Urbana fechou o acesso ao porto, local muito procurado. Da mesma forma, foi interditado o acesso à praia municipal e outro acesso ao rio, onde muitos usavam para desembarque de barcos. Agora, para colocarem o barco na água, precisa buscar outras locais ou até mesmo pagar uma taxa próximo à ponte.

Os locais foram interditados no dia 31 de março a pedido da Secretaria de Turismo para evitar aglomeração no local durante o feriado prolongado da Semana Santa. No entanto, quase um mês depois, as áreas continuam fechadas, para descontentamento dos pescadores e de quem gosta de passar alguns momentos na beira do rio ou mesmo em embarcações.

A reportagem esteve nos locais interditados na quinta-feira e havia pessoas pescando sobre o porto.  local é bastante amplo. Já na via de acesso à prainha, a reclamação foi mais intensa, porque os pescadores não têm como colocar o barco na água. Uma pessoa disse que até o carro de um pescador que reside no local há muito anos foi fechado e ele não tem como se deslocar para a cidade. Depende de carona. O pescador estava no rio.

As pessoas que procuraram a redação disseram que não entendem os motivos que levaram à interdição, pois são áreas muito amplas, o que dificulta aglomeração. “O maior risco é na cidade, onde as pessoas se aglomeram até dentro de casa. Agora, na beira do rio? Não dá para entender essa preocupação de quem pediu para interditar as vias”, questionou um dos que procuraram a redação do jornal.

PRAINHA – A via de acesso à prainha foi fechada, impedindo pescadores de chegarem ao rio para descer embarcações

 

 


Compartilhe esta notícia!

Veja também

Programa leva alimento a quem precisa e fortalece a agricultura familiar

Compartilhe esta notícia!DA REDAÇÃO – SANTO ANTÔNIO DO ARACANGUÁ O Departamento de Desenvolvimento Social da …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *