27.1 C
Araçatuba
segunda-feira, junho 27, 2022

Pavimentação de avenida histórica pode começar ainda neste mês

A pavimentação da Juscelino Kubitschek e de várias ruas do Bairro Água Branca, em Araçatuba, pode começar ainda este mês. A afirmação foi feita ontem pelo secretário de Planejamento Urbano e Habitação, Tadeu Consoni. Tudo vai depender dos prazos legais e se nenhuma empresa apresentar recurso. A licitação, modalidade concorrência pública, teve a abertura de envelopes nesta quarta-feira (31). Quanto à licitação para obras de galerias pluviais, não teve licitantes. Foi deserta.
O prefeito Dilador Borges havia assumido o compromisso de realizar a obra, que agora já começa a se tornar realidade. A estimativa da administração municipal era de investir até R$ 4,3 milhões para colocação de galerias e asfaltamento, com guias de sarjeta e pintura de solo.
Nesta sessão de licitação, foram apresentadas apenas as propostas para asfaltamento, guias e pintura. Três empresas participaram do certame. A vencedora apresentou o valor de R$ 3,153 milhões a esse lote, cujo o preço era de R$ 3.720.583,00, o que provocou economia aos cofres públicos com um deságio (depreciação do valor nominal de um título ou do preço de uma mercadoria em relação ao seu valor final) de R$ 567.583,00.
Nesta quinta-feira (1º/11), será feita a publicação do resultado, sendo aberto prazo de cinco dias úteis para possível contestação por parte das empresas participantes.
Após este prazo, será aberta uma nova licitação para a construção de galerias. Levando em consideração o valor inicial de previsão de investimento, este lote terá o preço máximo de R$ 573.417,78. A administração espera um novo deságio, aumentando ainda mais a economia na aplicação dos recursos públicos.

HISTÓRIA
Há mais de 30 anos os moradores esperam a pavimentação da Avenida Juscelino Kubitschek. Havia limitações técnicas devido à existência das torres de transmissão de energia. O prefeito Dilador Borges empenhou-se pessoalmente em obter a liberação da companhia de transmissão de energia. Foram necessárias viagens a Brasília para superar este obstáculo. Os recursos foram garantidos com a liberação pela Desenvolve SP e previsão de dotação própria. A pavimentação desta avenida como das ruas do Bairro Água Branca foi uma decisão decisão do governo de Dilador Borges para atender ao pedido antigo de moradores.

LICITAÇÃO
Todo o processo de abertura das propostas foi acompanhado por Rosa Alves de Souza Giabaldo, que mora há 28 anos na avenida e sonhava com este dia. Ela foi especialmente convidada para o ato. “Estou emocionada”, disse, feliz. Para a moradora é da realização de um sonho de três décadas. Ela lembrou a luta de seu marido, que morreu há três anos. A moradora falou que a obra é importante por interligar bairros e dispositivos comunitários, como uma unidade básica de saúde. Ela acredita que a pavimentação vai representar uma nova fase no desenvolvimento daquela região da cidade.

PRÓXIMOS PASSOS
O secretário de Administração, Arnaldo Morandi, falou sobre o processo licitatório, que tevem um item – construção de galerias, deserto. Ele destacou o empenho da administração Dilador e enalteceu o trabalho da comissão de licitação. Inicialmente foram abertos os envelopes de habilitação e todos os licitantes assinaram documento concordando em não apresentar recurso. Por isso, no mesmo dia, foram abertos os envelopes com as propostas financeiras. Agora os prazos serão cumpridos para então homologar o resultado. Ha partir da homologação, pode ser assinado o contrato e emitida a ordem de serviço.

DA REDAÇÃO
Araçatuba

Ultimas Noticias