Obra de marginal avança e deve ser concluída no primeiro semestre

ANTÔNIO CRISPIM – ARAÇATUBA

A construção e abertura da Avenida Carlos Pereira da Silva, mesmo com mão única, deixou o cruzamento com a Rua Anhanguera bastante inseguro. O local é de intenso movimento, pois além de dar acesso à Rodovia Marechal Rondon, também é o principal acesso ao shopping e bairros populosos. Por isso, a execução de obra na marginal, embora cause transtorno no momento, é considerada importante para a segurança viária. A obra começou no final de agosto e deve ser concluída em 10 meses. Porém, deve terminal no primeiro semestre do ano que vem.
A marginal está sendo construída entre os quilômetros 534 e 534,3. Para tanto o acesso à rua Aguapeí foi eliminado. O novo trecho da marginal vai interligar as ruas Cussy de Almeida e Aguapeí. Hoje a interligação é feita pela Rua Pinheiros. Para execução desta fase da obra o investimento previsto é de R$ 672 mil.
Parte do trabalho de terraplenagem já foi feito. Para evitar erosão, já está sendo plantada grama no barranco.
A reportagem de O LIBERAL REGIONAL apurou que será implantado trecho de marginal também na pista leste (sentido capital). O trabalho será feito entre os quilômetros 534,6 e 534,7. Nos dois trechos de marginais serão investidos quase R$ 1 milhão.

Veja também

Caminhão tomba e caiu em rio na Assis Chateaubriand

FOTOS CEDIDAS: IVAN AMBRÓSIO/JORNAL INTERIOR Um caminhão carregado com cimento tombou e caiu em um …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *