UMA SEMANA - As aulas presencias, com todas as restrições impostas pelas autoridades sanitárias, começaram no último dia 22

Município suspende aulas

Compartilhe esta notícia!

DA REDAÇÃO – ARAÇATUBA

O crescimento de casos de Covid-19 levou Penápolis a decidir pela suspensão temporária das aulas presenciais. Decreto do prefeito Caíque Rossi (PSD), com a decisão, foi publicada em ontem à tarde. Um dia antes, no município, a Santa Casa chegou a atingir 100% de ocupação em seus leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) para pacientes com a doença transmitida pelo novo coronavírus. Nessa terça-feira, estava em 80%.

De acordo com o documento, a interrupção atinge os ensinos público e privado, em todos os níveis (educação infantil e ensinos fundamental, médio e superior), a partir de hoje. O prazo vai até 14 de março.

Não está descartada a possibilidade de prorrogação da medida.

Conforme o artigo terceiro do ato oficial, a situação do município será constantemente reavaliada pela equipe de governo, que poderá adotar estratégias para conter o avanço do vírus.

Segundo a administração municipal, o descumprimento do que foi determinado no decreto implicará em infração sanitária passível de aplicação das penalidades previstas na lei estadual 10.083/1998, o Código Sanitário Estadual. No caso, podem ser aplcicadas multas.

Assim como toda Região de Araçatuba, Penápolis está na fase três (amarela) do Plano São Paulo, conforme o último balanço do governo estadual, de 26 de fevereiro. No decreto, o prefeito considerou a “necessidade constante de garantir o adequado funcionamento dos serviços de saúde e permitir a retomada gradual e segura das atividades

presenciais nas instituições de ensino localizadas no município”.

E ainda: “o contexto local da pandemia da Covid-19 e a necessidade de cautela na retomada das aulas presenciais, conforme deliberado com representantes de escolas públicas, particulares, Conselho Municipal de Educação e Secretaria Municipal de Saúde”.

Primeira cidade da região a confirmar uma morte por Covid na região, em março do ano passado, Penápolis contabiliza 3.179 casos da doença e 76 mortes desde o início da pandemia.

ANO LETIVO

Na rede municipal, o ano letivo de 2021 começou no último dia 22, com a volta às aulas presenciais nas escolas de ensino fundamental (1º ao 5º ano) e educação infantil (pré-escola). Naquele dia, o prefeito fez questão de conferir o primeiro dia de aula dos alunos, acompanhado do secretário municipal de Educação, José Carlos Pansonato Alves, e destacou que “todas as unidades estão muito bem preparadas e organizadas para a volta às aulas presenciais, seguindo a risca todos os protocolos de prevenção da Covid-19”.

Ao todo, a rede municipal de ensino em Penápolis tem cinco mil alunos e 41 escolas.

 

 

 

Andradina adia retorno presencial

 

Em Andradina, a Secretaria Municipal de Educação anunciou o adiamento das aulas presenciais na rede municipal de ensino até que o tema volte a ser discutido no poder público.

Segundo a Prefeitura, uma reunião, no próximo dia 15, vai tratar do assunto. Até lá, os mais de cinco mil alunos da rede municipal de ensino vão receber aulas pelas plataformas digitais.

“Estamos seguindo uma orientação regional e optamos pelo não retorno presencial até o momento, diante da atual

situação da crise sanitária instalada”, disse a secretária de Educação, Estela Cassiolato Goda, em nota divulgada pela Secretaria Municipal de Comunicação. “Mesmo que Andradina esteja classificada na fase amarela no Plano SP, a UTI do nosso único hospital está com 100% de ocupação”, ressaltou Estela, referindo-se à Santa Casa.

Ela afirmou afirmou que a decisão leva em consideração o público-alvo da educação municipal, que vai de 0 a 9

anos, em sua grande maioria totalmente dependente de cuidados de outras pessoas.

As aulas do ensino remoto irão começar no dia 15 de março. Apesar do adiamento, a Secretaria de Educação inicia hoje a entrega dos kits merenda, conforme lei municipal que autoriza a distribuição de gêneros alimentícios nas escolas enquanto não há aulas presenciais.

ARAÇATUBA

A reportagem de O LIBERAL REGIONAL também conversou com a secretária municipal de Educação de Araçatuba, Silvana de Souza e Sousa. Segundo ela, por enquanto, tudo segue como já estava organizado – na rede, as aulas começaram no último dia 8 no modelo híbrido, aquele em eu parte dos alunos assiste às aulas presencialmente e outra, no formato remoto. “Mas estamos fazendo uma análise constante do cenário”, ponderou.

 

 

 

 


Compartilhe esta notícia!

Veja também

Nova massa de ar frio pode provocar queda histórica na temperatura

Compartilhe esta notícia!ANTÔNIO CRISPIM – ARAÇATUBA Este ano estão sendo registradas temperaturas atípicas em várias …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *