ATENDIMENTO - Rachel Sgarbosa mantinha rotina de atendimento na Campanha de Combate ao Câncer de Araçatuba

Morre a benemérita Rachel Sgarbosa

Compartilhe esta notícia!

DA REDAÇÃO – ARAÇATUBA

A direção da Santa Casa de Araçatuba informou na manhã dessa sexta-feira o falecimento da benemérita Rachel Foizer Sgarbosa. Presidente da Campanha de Combate ao Câncer, ela morreu ontem (23/9), aos 81 anos, de causas naturais. O velório está sendo realizado na Capela Funerária Cardassi (avenida Saudades) e será sepultado nesta sexta-feira às 17h.

Professora por formação, atividade que exerceu a partir de 1959, Rachel lecionou em escolas estaduais como o antigo Instituto de Educação e José Cândido, para várias gerações de araçatubenses e também de Birigui onde atuou por breve período.

Ao se aposentar no final dos anos 90 decidiu, a convite de uma amiga, atuar como voluntária na então Rede Feminina de Combate ao Câncer, cuja denominação atual é Campanha de Combate ao Câncer de Araçatuba (CCCA).

O grupo de voluntárias atua na Santa Casa de Araçatuba desde 1965 sendo uma das âncoras das ações de humanização realizadas na Santa Casa de Araçatuba. Os mais de 20 anos de atuação de Rachel Sgarbosa na condição de presidente do CCCA, são referências do que o autêntico voluntariado pode produzir.

Neste período, milhares de pacientes em atendimentos no Centro de Tratamento Oncológico (CTO) e Central de Radioterapia, serviços que integram a Unacon (Unidade de Assistência de Alta Complexidade em Oncologia) da Santa Casa, receberam algum tipo de assistência do CCCA.

Com recursos próprios obtidos através de promoções, o CCCA fornece aos pacientes de baixa renda, medicamentos de alto custo e insumos para procedimentos não padronizados pelo SUS, suplementos vitamínicos específicos para pacientes oncológicos, fraldas e cestas básicas.

Na gestão de Rachel, o CCCA também passou a patrocinar os pães servidos aos pacientes do CTO e Radioterapia que totalizam em média 800 quilos por ano.

O CCCA também apoia o hospital em necessidades mais amplas, como por exemplo, o programa de reforma de apartamentos de alas de internação de pacientes do SUS. Em junho de 2019, as voluntárias doaram R$ 80 mil para financiar a reforma de dois apartamentos. Na doação, a presidente da CCCA explicou que o grupo decidiu apoiar a campanha como forma “de colaborar com a diretoria da Santa Casa que está empenhada em garantir dignidade e conforto aos pacientes”.

“Estamos consternados pela partida de nossa querida Rachel. Naquele corpo aparentemente frágil havia uma grandeza infinita de uma mulher que nasceu para fazer o bem para os necessitados”, afirmou Maria Ionice Zucon, tesoureira da Santa Casa de Araçatuba, ao traduzir o sentimento de consternação de toda a diretoria e colaboradores da instituição. “Fará muita falta a todos. Que Deus possa consolar os seus familiares e os milhares de amigos que ela conquistou”, completou Zucon.

Natural de Braúna, Rachel Foizer Sgarbosa morava em Araçatuba desde 1.942. Viúva do senhor Jacinto Sgarbosa, Rachel deixa os filhos Denise, Fábio e Marcelo, 8 netos e 2 bisnetos.

Deixa também um legado de amor ao próximo impossível de ser mensurado, mas que pode ser avaliado por uma das frases que disse ao definir o voluntariado em uma das muitas entrevistas que concedeu: “Voluntário é a pessoa que separa um tempo de seu tempo para se doar”.


Compartilhe esta notícia!

Veja também

Speed Park conclui mais uma edição da escolinha de kart

Compartilhe esta notícia!DA REDAÇÃO – BIRIGUI A escolinha de kart é um projeto gratuito, realizado …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *