Home Cidades Araçatuba Maracatu em Araçatuba

Maracatu em Araçatuba

5 minutos de leitura
Compartilhe esta notícia!

ARNON GOMES – ARAÇATUBA

Uma das mais tradicionais manifestações do folclore brasileiro, com raízes em Pernambuco, agora, está em Araçatuba. É o maracatu, manifestação que remonta à época do Brasil Colonial e consiste em uma mistura das culturas africana, portuguesa e indígena.
Desde o último dia 28, está em execução, no município, o “Maracatubá”, projeto voltado a oferecer atividades gratuitas ligadas a essa dança. O trabalho, previsto para durar quatro meses, conta com financiamento da Secretaria Municipal de Cultura, PROAC e Secretaria da Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo.
Para realização das ações, foi escolhida a mais nova praça artística da cidade, a Estação Cidadania, localizada no bairro Atlântico. Lá, até outubro, durante 13 domingos consecutivos e um sábado, ocorrerão várias atividades gratuitas e abertas à comunidade local. Podem participar adolescentes a partir dos 12 anos de idade. Integrantes do “Maracatu Baque D’Orum” ministrarão as aulas.
Esse grupo percursivo foi idealizado por Aline N. Benitez, a partir de um encontro em 24 de novembro do ano passado. Foi o primeiro para a criação do projeto ligado ao maracatu em Araçatuba. Araçatubense, Aline teve bastante contato com esta cultura a partir de 2010, quando passou uma temporada fora do Estado.
A grandiosidade do projeto pode ser percebida até pelo envolvimento de membros de destaque na dança. O Maracatubá vai contar com a presença de três integrantes da “Nação do Maracatu Porto Rico”, de Recife (PE). O primeiro deles foi Luiz Gomes da Silva, o “Água”, que esteve na cidade no último dia 4. Arquiteto, luthier de instrumentos, contra-mestre e batuqueiro da Nação Porto Rico, ele veio fazer a montagem das alfaias.
Já no dia 1º de setembro, será a vez de Juninho, jovem batuqueiro que está circulando pelo Brasil a partir da oportunidade de Porto Rico. Ele virá passar seus conhecimento sobre caixa e tarol. Por fim, em 13 de outubro, na apresentação de encerramento do projeto, haverá a presença de Rumenig Dantas, contra-mestre, responsável pelo Baque Mirim da Nação Porto Rico.

RECONHECIMENTO
Conforme integrantes do grupo em Araçatuba, o mestre Chacon Viana, do Maracatú Nação Porto Rico, legitima o movimento criado na cidade como seu representante oficial. Com menos de um semestre de criação do Maracatu Baque D’Orum em Araçatuba, começou a transmissão dos saberes de Aline, já há em torno de 15 participantes, além de pessoas de diversas idades, camadas sociais e formações acadêmicas, com 450 seguidores nas redes sociais.

SERVIÇO
Local: Estação Cidadania – Rua Elza Almeida Lemos, nº 975 – Bairro Atlântico
Período de atividades: de 28/07 a 20/10.
Dias e horário de atividades: Domingos às 16h.
Público-Alvo: a partir de 12 anos de idade. Não precisa saber tocar.
Inscrições: Por ordem de chegada, 1 hora antes do inicio das atividades. Menores devem estar acompanhados por representante legal e com carteira de vacinação.

c1 maracatu 3.jpg


Compartilhe esta notícia!