ALTA - Panetones e chocotones ultrapassam os 50% de alta nos preços neste ano em Araçatuba

Itens mais consumidos no Natal registram alta significativa em Araçatuba neste ano

DIEGO FERNANDES – ARAÇATUBA

Os produtos natalinos tiveram alta significativa nos preços neste ano, em Araçatuba, em relação ao ano passado. A constatação foi feita pela reportagem do jornal O LIBERAL REGIONAL ao comparar preços em estabelecimentos locais nesta sexta-feira (17), com os mesmos produtos do ano passado.

Produtos como o peru e o chester, muito consumidos nesta época do ano, tiveram uma alta de, aproximadamente, R$ 7 e R$ 8, respectivamente.

Em 2020, era possível encontrar o quilo da carne de peru por R$ 19, enquanto neste ano, o preço está na casa dos R$ 26 por quilo, uma alta de 36%. Já o chester, que também era encontrado na faixa dos R$ 19 no ano passado, neste ano está sendo vendido na casa dos R$ 27, alta de 42% no preço.

Já no caso dos panetones e chocotones, que são encontrados o ano todo, porém, são muito mais consumidos e procurados pelo consumidor nesta época do ano, a alta no preço também foi significativa.

O panetone de 500g, recheado com frutas cristalizadas, de uma determinada marca, podia ser encontrado na faixa dos R$ 13 no ano passado, enquanto neste ano, o mesmo produto é vendido por R$ 20, no mesmo estabelecimento. A alta chega a 53%. Já no caso do chocotone, recheado com chocolate, da mesma marca, o produto de 500g está na faixa de R$ 28 neste ano, enquanto no ano passado era vendido por R$ 17, uma variação que chega a 64%.

Produtos como frutas cristalizadas, com alta de até 70%, e castanha do pará, com acréscimo de 20% nos preços, são outros dos itens mais consumidos durante as festas de final de ano e que ficam mais salgados para o consumidor.
As ceias prontas oferecidas por estabelecimentos comerciais, consequentemente, também tiveram acréscimo de preço em relação ao ano passado.

Em um determinado estabelecimento, uma ceia de Natal para 12 pessoas contendo 3 kg de fraldinha recheada ao molho madeira; 1,2 kg de arroz branco, 1kg de Salada Havaí, e 1,5kg de creme de milho, foi vendida no ano passado por R$ 200, e neste ano está sendo comercializada por R$ 240, uma alta de 20% no preço.

Variação de 125%

De acordo com levantamento feito pelo Procon-SP, itens da ceia natalina foram encontrados com diferença de preço de até 125% entre estabelecimentos. Os preços foram coletados entre o fim de novembro e o começo de dezembro.

Equipes do órgão de defesa do consumidor compararam preços de diferentes marcas de azeites, bombons, lentilhas secas, conservas, farofas prontas, frutas em calda, panetones, chocotones e carne em sete supermercados.

O item com a maior variação de preço foi o azeite de oliva. O mesmo frasco de 500 ml foi encontrado sendo vendido por R$ 44,90 em um estabelecimento e por R$ 19,98 em outro, uma diferença de R$ 24,92.

Outro exemplo é um panetone com gotas de chocolate que foi encontrado a R$ 20,78 em um mercado a R$ 14,99 em outro.

Para economizar, a recomendação é que o consumidor planeje o cardápio e tenha em mãos uma lista com os alimentos e bebidas que serão necessários antes da ida ao supermercado, para evitar compras por impulso.

Vale fazer uma pesquisa de preço e avaliar sempre a relação custo/benefício. E nunca se esqueça de ficar atento às informações contidas nos rótulos, como peso, data de fabricação, prazo de validade e condições de conservação.

 

Veja também

Araçatuba bate novo recorde de infecções em 24 horas pela Covid-19

Araçatuba bateu novo recorde de casos positivos de Covid-19 em apenas 24 horas. Foram constatadas …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *