Home Cidades Araçatuba Inhotim recebe mil visitantes em final de semana de reabertura

Inhotim recebe mil visitantes em final de semana de reabertura

4 minutos de leitura
Compartilhe esta notícia!

VANESSA CASTRO – MTUR

Os turistas já podem voltar a visitar os encantos do Instituto Inhotim, em Brumadinho, a 55km de Belo Horizonte (MG). Reaberto no último final de semana (07.11), após meses fechado em decorrência da pandemia, o local recebeu 500 visitantes por dia, número máximo permitido como medida de prevenção ao coronavírus.

Devido à restrição de 10% da capacidade de público no local, que normalmente recebe cerca de 5 mil pessoas, turistas e moradores da região relatam uma experiência praticamente exclusiva em meio aos 140 hectares de área verde e exposições a céu aberto. “É a primeira vez que vou a Inhotim e, mesmo com o receio da pandemia, me senti muito segura. Tinha um número bem reduzido de pessoas, o que permitiu aproveitar o local como se fosse só para mim”, contou Carla Pereira, moradora de Belo Horizonte.

Além da redução da capacidade, o Instituto também adotou diversas outras medidas de prevenção, como a disponibilização de totens de álcool em gel, a limitação do número de pessoas em determinadas galerias e, até mesmo, o fechamento de algumas delas por serem ambientes muito fechados e sem ventilação natural. Apesar do ambiente contar com muita área verde, o uso de máscaras é obrigatório e a administração aconselha que cada visitante leve sua garrafa de água, uma vez que os bebedouros estão interditados como medida de segurança.

O Inhotim abre às sextas, sábados, domingos e feriados e os ingressos são vendidos apenas pela internet, com visitas agendadas. Moradores de Brumadinho cadastrados no programa Nosso Inhotim não pagam entrada no Instituto.

 

TREM BH-BRUMADINHO

O Plano de Ação do trem turístico BH-Brumadinho, que liga as cidades mineiras foi aprovado na primeira reunião do Fórum de Mobilidade e Conectividade Turística (Mob-Tur) do Ministério do Turismo, realizada em outubro. O projeto prevê a revitalização de uma estação em Belo Horizonte, próxima ao Museu de Artes e Ofícios (MAO), e a construção de outra em Inhotim. Em atividade, ele será capaz de transportar 1.400 pessoas por dia em duas locomotivas com dez vagões cada. O trajeto de 52 quilômetros será feito em pouco mais de uma hora.

 

C3 INHOTIM

 

 

 

Crédito: Pedro Vilela/MTur


Compartilhe esta notícia!