Atracação de navios no Caís do Porto do Rio de Janeiro, guindaste, container.

Exportações biriguienses alcançam 63 países e ampliam o superávit comercial do município

Compartilhe esta notícia!

DA REDAÇÃO – ARAÇATUBA

As exportações das empresas biriguienses alcançaram 63 países de janeiro a julho deste ano, apresentando um crescimento de 28,57% em comparação ao mesmo período do ano passado. Com esse resultado, a balança comercial cresceu 8,58% no acumulado do ano.

 

Assim, Birigui registrou superávit comercial de US$ 6.284 milhões nos sete primeiros meses deste ano, com exportações que somaram US$ 13.797 milhões e importações US$ 7.513 milhões. As informações foram divulgadas pelo Ministério da Economia.

 

Os principais países compradores dos produtos locais no período foram: Argentina (13,7%); Equador (13,19%); Bolívia (12,64%), Tailândia (10,15%) e Chile (7,52%), conforme dados compilados pelo Observatório de Inteligência Econômica da SDE (Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico).

 

PRODUTOS

 

Calçados com sola exterior e parte superior de borracha ou plástico foram os principais produtos exportados, com vendas de US$ 4.177 milhões (30,28% do total exportado pela cidade). O segundo produto mais vendido foi calçados de borracha, plástico ou couro natural, totalizando US$ 2.724 milhões (19,75%).

 

Na terceira posição do ranking dos principais produtos exportados aparecem os transformadores elétricos, com vendas de US$ 2.169 milhões (15,73%) e, em quarto lugar, máquinas e aparelhos para agricultura, com US$ 1.953 milhões (14,16%).

 

Para o prefeito Leandro Maffeis, o resultado da balança comercial mostra o potencial do empreendedorismo, a capacidade produtiva e a resiliência das empresas de Birigui, que estão conseguindo superar a crise e retomar o ritmo do crescimento econômico. 

 

“Esse resultado traz boas perspectivas para os próximos meses na geração de emprego e renda em nosso município, cujos resultados já estão se refletindo nas estatísticas do mercado de trabalho. Já temos novos empreendimentos vindo para Birigui, que irão reforçar nosso setor produtivo”, destacou.

 

Conforme o secretário de Desenvolvimento Econômico, Nivaldo Albani, “a pauta de exportação municipal evidencia a diversificação e força produtiva da economia biriguiense, em especial, do seu setor industrial, com a inserção internacional de produtos de baixo, médio e alto valor agregado”.

 

OBSERVATÓRIO

 

O projeto Observatório de Inteligência Econômica tem por objetivo suprir as demandas de informações e conhecimento dos agentes econômicos do município, além de subsidiar o desenvolvimento de políticas públicas voltadas a geração de emprego, renda e ao desenvolvimento local. Os relatórios divulgados pela SDE estão disponíveis no site sedecti.org.

 

 


Compartilhe esta notícia!

Veja também

Pressão de equipes europeias foi responsável pelo cancelamento do Mundial de Kart no Speed Park

Compartilhe esta notícia!DIEGO FERNANDES – BIRIGUI O Speed Park, kartódromo internacional localizado entre Araçatuba e …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *