EXCLUSIVAS - Salas de cinema de Araçatuba podem ter sessões adaptadas e exclusivas para autistas

Câmara vai votar projeto que cria sessões de cinema para autistas em Araçatuba

Compartilhe esta notícia!

DIEGO FERNANDES – ARAÇATUBA

Na próxima segunda-feira (16), dentro da pauta da sessão ordinária da Câmara Municipal de Araçatuba, os parlamentares irão discutir a realização de sessões especiais de cinema no município para pessoas que possuem TEA, Transtorno do Espectro Autista. A sessão será realizada às 19h, no plenário. 

 

Proposta do vereador Antônio Edwaldo Dunga Costa (DEM) prevê sessões adaptadas para pessoas autistas pelo menos uma vez por mês nas salas de cinema de Araçatuba. Atualmente, a cidade possui salas de cinema nos dois shoppings: no Araçatuba Shopping comandada pela Cine Araújo, e no Shopping Praça Nova administrada pela Cineflix.

 

Segundo o texto da proposta do parlamentar, a intenção é ter sessões para crianças e adolescentes junto com a família. Durante as sessões, não será permitida exibição de publicidades comerciais, as luzes deverão estar acesas com baixa intensidade e volume do áudio deverá ser reduzido em relação às sessões comuns. O acesso dos familiares e das crianças será irrestrito, com entrada e saída permitida a qualquer momento.

 

Além disso, as salas de cinema a serem utilizadas deverão levar o símbolo mundial do Transtorno do Espectro Autista e os filmes exibidos terão de ter classificação apropriada para crianças e adolescentes.

 

Em sua justificativa, o vereador autor da proposta afirma que o acesso ao cinema de pessoas que possuem o transtorno do espectro autista não é fácil, por causa da hiperatividade, da sensibilidade auditiva e visual, pela dificuldade de concentração e a necessidade de permanecer sentado por longo tempo. Segundo Dunga, todas estas características dificultam a presença de uma pessoa com o transtorno em uma sessão de cinema comum.

 

A intenção do vereador, segundo a justificativa de seu projeto, é garantir às pessoas com autismo a oportunidade de desfrutar da sétima arte em sessões adaptadas para suas condições especiais, aumentando o seu nível de inclusão social. 

 

A proposta vai à votação dos demais vereadores e, caso aprovada, entrará em vigor 90 dias após a sua publicação. 

 

Somente neste sábado (14), por exemplo, os cinemas de Araçatuba terão, ao todo, 27 sessões de cinema para 6 títulos diferentes. 

 

Público presente

 

A sessão ordinária da próxima segunda-feira será a segunda a ser realizada com a presença de público no plenário. Já nesta semana, a reunião dos vereadores pode ser assistida in loco pela população.

 

O anúncio, porém, da abertura da sessão ao público ocorreu poucas horas antes da reunião, o que fez com que poucas pessoas estivessem presentes no plenário. A expectativa é que mais gente acompanhe a sessão desta vez. As cadeiras do plenário estão marcadas e o local está com a capacidade de público reduzida e é necessária a utilização de máscara para adentrar ao local. 

 

A reunião dos vereadores ocorre de forma híbrida, dando a liberdade para que parlamentares compareçam ou que participem dos trabalhos através de videoconferência. Na última sessão, apenas o vereador Arlindo Araújo (MDB) optou por participar das discussões de forma online. Os demais 14 parlamentares estiveram presentes no prédio do legislativo.

 


Compartilhe esta notícia!

Veja também

Polícia Rodoviária Federal apreende quase uma tonelada de maconha em Penápolis

Compartilhe esta notícia!DA REDAÇÃO – PENÁPOLIS No início da tarde de domingo (26), equipe da …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *