14.4 C
Araçatuba
quarta-feira, maio 18, 2022

Evento traz reflexão sobre violência contra a mulher e combate ao câncer de mama

Violência contra a mulher e combate ao câncer de mama. Dois temas distintos em um único evento. Como relacioná-los? “Ambos atingem o lado espiritual da mulher”. Assim explica a advogada Flávia Dias Neves. Presidente da Comissão da Mulher Advogada da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) de Araçatuba, ela contou com apoio de diversas instituições locais para a realização do “Isso tem que acabar – Erradicação da violência contra a mulher e o câncer de mama”, que acontece das 9h às 12h, neste sábado, na Praça Rui Barbosa, em Araçatuba.
A fim de atingir grande público, uma extensa programação foi preparada. Logo no começo, Flávia e outros seis advogados, entre eles o vereador Alceu Batista de Almeida Júnior (PV), farão palestra por aproximadamente uma hora sobre o tema violência doméstica. Os números da comissão em relação a esse assunto, em nível nacional, são assustadores. De acordo com as estatísticas, obtidas junto ao Mapa da Violência, 12 mulheres são assassinadas por dia no Brasil. Setenta e sete por cento vivem em situação de violência, sendo agredidas semanalmente.
Esta realidade, destaca Flávia, fez o País saltar do sétimo para o quinto lugar no número de mulheres assassinadas. Para complementar o cenário de desolação: cinco mulheres são espancadas a cada dois minutos. Por fim, o dado de que 80% dos registros ocorrem em casa. “Ou seja, é um tipo de violência que ocorre no próprio lar”, diz Flávia.

AGENDA
O evento prossegue com apresentação da Banda Municipal, que, entre as 10h e as 11, tocará músicas em homenagem às mulheres. Haverá também uma apresentação musical do advogado Paulo Boatto.
A fim de fornecer orientações sobre a prevenção ao câncer de mama, o que mais mata mulheres, alunos de cursos na área de saúde do Unisalesiano (Centro Universitário Católico Salesiano) irão aferir pressão arterial, falar da importância da boa postura e boa alimentação, entre outros serviços
E justamente por serem a violência e o câncer de mama problemas que envolvem o lado espiritual da mulher, as igrejas Adventista e Universal marcarão presença. Ambas as instituições farão distribuição de brindes.
Quem passar pelo local poderá ainda ganhar uma maquiagem de funcionárias da Avon.
Segundo Flávia, é a primeira vez que este evento ocorre em praça pública na cidade. Nos anos anteriores, ocorriam em locais fechados. Por isso, diz ela, a expectativa é de uma boa participação.

ARNON GOMES
Araçatuba

Ultimas Noticias