TORCIDA - Ginásio Plácido Rocha lotado em jogo do Volei Futuro em jogo de 2011

Diretor do Volei Futuro comemora liberação de público; empresários da área de eventos mantém cautela

Compartilhe esta notícia!

DIEGO FERNANDES – ARAÇATUBA

A repercussão da volta do anúncio da volta de atividades como shows e eventos esportivos com torcida ainda foi cautelosa na região de Araçatuba. Empresários do ramo ouvidos pela reportagem do jornal O LIBERAL REGIONAL ainda estão reticentes quanto à liberação e a organização de tais atividades. 

Já na área esportiva, entre os profissionais, apenas o vôlei será beneficiado em um primeiro momento em Araçatuba com a volta das torcidas às praças esportivas.

Volei Futuro com público na Superliga B

Os municípios de Araçatuba e Andradina não terão futebol profissional no segundo semestre, já que a AEA (Associação Esportiva Araçatuba) e o Andradina Esporte Clube não vão disputar o Campeonato Paulista da Segunda Divisão. 

Porém, a expectativa dos torcedores da região é pela liberação do ginásio Plácido Rocha a partir de novembro, para a volta da torcida aos eventos esportivos em Araçatuba.

O Volei Futuro, que inicia a disputa do Campeonato Paulista no próximo dia 20 de agosto, pode até já contar com o apoio da torcida quase avance à fase final da competição, que vai acontecer em novembro. Além disso, o time de Araçatuba também disputará a Superliga B com previsão de início em janeiro de 2022.

Para o diretor do projeto, Luis Henrique Reis, a volta do público será fundamental para o projeto, já que além da arrecadação com patrocinadores, o time poderá incrementar o ganho de bilheteria no orçamento para auxiliar na manutenção do projeto.

“Para nós e fundamenta ter público. Com pouco apoio de patrocinadores a renda da bilheteria irá nos ajudar muito” afirmou.

Ele também lembrou que a presença da torcida no ginásio em Araçatuba sempre foi um fator diferencial, principalmente na grande fase do Volei Futuro, entre os anos de 2009 e 2012, quando o time foi campeão estadual e vice-campeão nacional tanto no masculino quanto no feminino.

“Jogar com torcida em Araçatuba é um fator extremamente relevante para melhorar o desempenho em quadra. Nossa torcida sempre motivou nossos atletas, não tenho dúvida que sedo liberado a entrada nossos jogos mudaram significativamente”, completou o diretor da equipe.

Shows só em 2022

O empresário do ramo de eventos, Vinicius Ramos, que já cuidou da agenda de shows da Expô Araçatuba, evento anual que movimenta a área todos os anos em Araçatuba e região, afirma que ainda é cedo para planejar qualquer coisa, mesmo após o anúncio do estado.

“Acho que está muito cedo pra falar disso porque não vacinando a população adulta isso daí vai por água abaixo. Então tem que esperar o calendário de vacinas atingir os 100% dos adultos para poder falar de eventos”, comentou.

Ele, porém, vê como maior certeza o ano de 2022 para a volta dos shows de pequeno, médio e grande porte no município.

“A expectativa é que os eventos voltem o ano que vem sim. Até porque São Paulo Capital já anunciou Fórmula 1 com 40% da capacidade, são 24 mil ingressos já vendidos, e já anunciou o carnaval de 2022, então estamos nesta esperança”, afirmou.

Já para outro empresário do ramo, Guilherme Vilela, organizador de eventos como a Vaca Loca, por exemplo, o retorno a este tipo de atividades deve ocorrer apenas no ano que vem.

“Provavelmente a gente não vai retomar eventos esse ano, só no ano que vem. Talvez a gente faça a Vaca na laje no Rio de Janeiro no carnaval, e por enquanto é isso, evento esse ano ainda não”, afirmou Vilela. 

 


Compartilhe esta notícia!

Veja também

Salsaretti deve gerar até 600 empregos diretos com aumento de linha de produção em Araçatuba

Compartilhe esta notícia!  A empresa Salsaretti, um braço do grupo Predilecta, em Araçatuba, anunciou nesta …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *