6.4 C
Araçatuba
quinta-feira, maio 19, 2022

Demanda quatro vezes maior agita comércio de Ovos de Páscoa na Semana Santa

DIEGO FERNANDES – ARAÇATUBA

A semana de Páscoa, além da lembrança da ressurreição de Cristo, também costuma ser a mais doce e rentável do ano para setores específicos do comércio varejista, como os de vendas de doces, chocolates e pescados.

Nesta semana, a reportagem do jornal O LIBERAL REGIONAL esteve em dois empreendimentos que esperam este período do ano para aumentar o faturamento e, muitas vezes, segurar o fluxo de caixa para o restante do ano. 

É o caso da Bethinhas Trufas, local especializado na venda de chocolates, que fica na Vila Estádio, em Araçatuba. Segundo a empresária Gabriela Bernardes, a produção neste período de Páscoa aumenta em quatro vezes e a produção começa bem antes, já pensando na maior demanda do período.

“A Páscoa a gente começa a produção bem antes, nós começamos a partir de janeiro mais ou menos. Acabou o Natal a gente vai se organizando na nossa produção e começamos no meio de janeiro a dar início a algumas coisas. Nessa época a gente acaba aumentando em torno de quatro vezes a nossa produção, na época de Páscoa, mas como a gente se programa, se antecipa, a gente consegue diluir essa produção nesses meses”, explicou.

De acordo com Gabriela, as novidades do ano, como os Ovos Faber G, inspirados em uma produção russa, e os de Puxa de Pistache, são as mais procuradas ao lado dos Ovos Trufados, que são a tradição do local.

“Desde quando iniciou a empresa, quando a minha mãe, a Bethinha, começou a fazer os ovos trufados há 25 anos atrás, eles continuam sendo o carro chefe da empresa”, explicou.

Atualmente, 15 funcionários atuam na produção e nas vendas dos chocolates na empresa, o que, segundo Gabriela, é mantido também durante o ano, com o trabalho e a produção desta época do ano diluído em vários meses. 

Produção

Com uma equipe de pelo menos sete pessoas, a empresária mantém uma verdadeira fábrica de chocolates no subsolo da loja, com diversas produções, como doces e bolos.

A reportagem visitou a fábrica nesta semana e observou o movimento de trabalho intenso dos colaboradores. 

Desde a câmara de conservação, o chocolate passa pelas formas, e pela parte onde são adicionados todos os condimentos que fazem com que o Ovo de Páscoa ganhe vida. 

Todo o trabalho é observado de perto pela empresária Gabriela Bernardes, que mantém o local climatizado para a manutenção da produção. 

Pescados

Com o período de quaresma, onde parte dos católicos não consomem carne bovina, o peixe acaba sendo uma opção de proteína para o período, com intensificação no período da Páscoa.

Conforme reportagem publicada nesta terça-feira (11) pelo jornal O LIBERAL REGIONAL, a Peixaria Araçá, um dos estabelecimentos do tipo na cidade, espera até 100% de aumento nas vendas ao longo desta semana.

Segundo o empresário Fábio Storti, produtos como o tradicional bacalhau, além de outros tipos de peixe como tilápia, merluza, dentre outros, são mais vendidos nesta época do ano.

“Essa época agora o bacalhau é o carro chefe, mas também tem as outras alternativas um pouco mais em conta, que são um filé de merluza, um peixe temperado pronto para assar, a própria tilápia que sai bastante nessa época. E os outros peixes de couro, que também dá para fazer bastante pratos diferentes”, cita Fábio Storti, que enumera quais são os principais pratos desta época. “Pode ser uma moqueca, o peixe assado temperado, uma tilápia frita, uma tilápia à parmegiana, e assim vai dando um segmento, fica amplo para todos os bolsos e todos os gostos”, citou. 

13

 

Ultimas Noticias