14.6 C
Araçatuba
sábado, maio 21, 2022

Defesa Civil alerta para risco de temporal no fim de semana com chuva e vendaval

DA REDAÇÃO – Araçatuba

A Defesa Civil de São Paulo emitiu um alerta sobre chuvas fortes a partir desta sexta-feira (28) em várias regiões do estado. O órgão informou que há previsão de chuvas seguidas de raios e ventos até domingo (30). Na região de Araçatuba há previsão de chuva superior a 125 milímetros nos três dias. Por isso, a população precisa ficar atenta, principalmente em áreas de maior risco.
De acordo com a Defesa Civil, a região mais afetada é a do Vale do Ribeira, onde ficam os municípios de Ribeirão Branco e Tapiraí (SP). Em Sorocaba, Itapeva e Marília, deve chover de 200 a 250 milímetros. Em Bauru, a previsão é de 125 milímetros de chuva e, na região de São José do Rio Preto, de 70 milímetros.
Para a Defesa Civil, é preciso ter “atenção especial às áreas mais vulneráveis, pois há risco de deslizamentos, desabamentos, alagamentos, enchentes e ocorrências relacionadas a raios e ventos”.

REGIÃO SUDESTE
O risco de chuvas fortes na Região Sudeste do país acendeu o alerta na Defesa Civil Nacional. Em nota, o órgão informou que foram emitidos avisos meteorológicos de grande perigo de fortes chuvas (vermelho) pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) para Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo. Os temporais, previstos para acontecer nas próximas horas, podem ser acompanhados de granizo e rajadas de vento superiores a 100 quilômetros por hora (km/h).
De acordo com o Inmet, o volume de chuvas previsto é acima de 100 milímetros (mm) por dia. As regiões com maior potencial de serem afetadas em território paulista são as regiões Metropolitana e Macro Metropolitana da cidade de São Paulo, Campinas, Araraquara, Piracicaba, Ribeirão Preto e Vale do Paraíba.

Cuidados
A Defesa Civil Nacional também lista uma série de cuidados para os moradores em tempo de chuvas fortes. Esses cuidados podem ajudar a reduzir danos materiais e preservar vidas em caso de ocorrências graves.
Para outras informações, procure a Defesa Civil local por meio do telefone 199 ou o Corpo de Bombeiros, pelo número 193.(Com informações Agência Brasil).

Ultimas Noticias