MOMENTO – Constatação de crescimento ocorre no momento em que idosos estão no foco da vacinação - PMA

Cresce o envelhecimento da população

Compartilhe esta notícia!

ARNON GOMES – ARAÇATUBA

Levantamento divulgado ontem pela Fundação Seade (Sistema Estadual de Análise de Dados) mostra que o envelhecimento da população de Araçatuba está acima da média estadual.

De acordo com o estudo, a cidade faz parte de um grupo de 274 municípios paulistas com um índice de 101 a 200 pessoas de 60 anos ou mais por menores de 15 anos de idade.

No Estado de São Paulo, essa taxa é de 83 cidadãos para cada cem jovens com menos de 15.

A pesquisa mostra que, no Norte e Oeste Paulista (esta, onde fica Araçatuba), regiões mais afastadas da capital, há maior concentração de municípios com índices superiores a 100. Já a Leste e ao Sul aparecem os índices inferiores.

Uma curiosidade revelada pela pesquisa está no fato de que o número de idosos supera o de crianças e de adolescentes, destacando-se Álvares Florence (240,3) e Santana da Ponte Pensa (261,3).

Já em 364 municípios as crianças e jovens superam os idosos, em especial Bom Sucesso de Itararé (43,1), Itapevi (43,8) e Bertioga (43,9).

 

NÚMERO DE HABITANTES

Os dados mostram que a redação da taxa de fecundidade (número médio de filhos que uma mulher teria até o fim de seu período reprodutivo) influenciou a diminuição da proporção de jovens, enquanto as gerações antigas e mais numerosas se deslocaram em direção ao topo da pirâmide.

Segundo a Fundação Seade, a idade mediana, que divide a população em duas parcelas iguais, passou de 27,9 anos, em 2001, mostrando que, em duas décadas, essa idade aumentou quase oito anos e deverá se expandir no futuro.

“Tal processo de ‘envelhecimento populacional’ impacta diretamente na definição da agenda de políticas públicas em áreas como educação, saúde, previdência social, transportes públicos, entre outras”, diz o estudo.

 

Projeções da instituição de pesquisa indicam que o Estado atingirá a marca de 44,9 milhões de habitantes neste ano. O crescimento foi de 20% em 20 anos, com um acréscimo de 7,4 milhões de pessoas, consolidando, assim, São Paulo como Estado mais populoso do Brasil.

Araçatuba, no ano passado, ganhou 1.113 habitantes em relação a 2019, conforme dados divulgados pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). O maior município da região tem, atualmente, 198.129 habitantes e ocupa a 42ª posição em termos populacionais no estado de São Paulo. O aumento foi pequeno em relação a 2019, quando 1.142 moradores a mais foram contabilizados.

 

 

 

Maior parte da região está em grupo que representa 15,3% da população estadual

 

Formada por 43 municípios, a Região de Araçatuba ainda representa parcela pequena do total da população paulista.

Dos 645 municípios do Estado, 507 têm menos de 50 mil habitantes, respondendo por apenas 15,3% da população estadual.

Do total de cidades da região, apenas quatro possuem número de habitantes acima desse número: Araçatuba, Birigui, Penápolis e Andradina.

Municípios com até dez mil habitantes, uma realidade predominante em boa parte da região, estão concentrados na área centro-oeste do Estado.

Já os 80 municípios com mais de cem mil habitantes – casos de Araçatuba e Birigui – abrigam 75,9% da população paulista. A maior parte desse grupo está localizada em áreas metropolitanas e se configura como sedes regionais.

Sozinha, a cidade de São Paulo responde por 26,5% do contingente estadual.

 

Crédito: Divulgação/Prefeitura de Araçatuba

 

 


Compartilhe esta notícia!

Veja também

Eva Vilma morre de câncer, aos 87 anos, em SP

Compartilhe esta notícia!Aos 87 anos, morreu na noite desse sábado (15), em São Paulo, a …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *