Dom Sergio Krzywy vai celebrar missa de Corpus Christi na catedral às 19h30 DIVULGAÇÃO

Corpus Christi com missas programadas em toda a diocese

Compartilhe esta notícia!

DA REDAÇÃO – ARAÇATUBA

A Solenidade de Corpus Christi (a festa do Santíssimo Corpo e Preciosíssimo Sangue de Nosso Senhor Jesus Cristo) será celebrada com diversos horários de missa em toda a Diocese. Neste ano, a solenidade, que é celebrada 60 dias após a Páscoa, marca no calendário civil o dia 3 de junho.

E após ser celebrada sem a presença pública dos fiéis por conta da pandemia da Covid-19 em 2020, este ano, com os devidos cuidados sanitários prescritos pelas autoridades e pelo decreto episcopal, as celebrações terão as presenças dos fiéis. No entanto, em Araçatuba, cidade-sede da Diocese, o dia santo terá as atividades de rotina suspenas. Isso porque a Prefeitura local antecipou o ponto facultativo da ocasião para o dia 1º de abril, medida adotada devido ao quadro da pandemia no município.

Nos demais 18 municípios componentes da Diocese o dia santo é de ponto facultativo.

 

HORÁRIOS

Atendendo a demanda de fiéis que trabalham ou possuem outras atividades de rotinas em uma útil comum, as paróquias de Araçatuba diversificaram os horários das missas. Na Paróquia do Senhor Bom Jesus da Lapa, por exemplo, serão quatro horários de celebrações: 6h, 15h30, 18 e 20h, sempre precedidas da Oração do Santo Terço, 30 minutos antes . Não é preciso reservar senha.

A Catedral Diocesana Nossa Senhora Aparecida também terá dois horários, sendo o primeiro às 7h e o horário noturno às 19h30, missa esta presidida pelo bispo Diocesano Dom Sergio Krzywy. Na Catedral é necessário reservar senha.

A Paróquia São Sebastião também optou por dois horários: 6h e 19h30 para atender justamente quem precisa ir trabalhar e deseja participar da Santa Missa. Também não há necessidade de retirar senhas.

Nas demais paróquias da Diocese, como se trata de um ponto facultativo as paróquias mesclam horários, seja pela manhã, seja pela noite. Há algumas que ofertam mais de um horário, como no caso da Paróquia Imaculada Conceição de Guararapes (7h , 8h30 e 19h30), Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora de Valparaíso (9h e 18h), Paróquia Nossa Senhora das Graças de Andradina (8h e 18h) e Paróquia São Benedito e São Cristóvão de Birigui (7h, 9h e 18h).

 

SOLIDARIEDADE

As paróquias de Araçatuba farão no dia de Corpus Christi uma coleta conjunta de alimentos não perecíveis para as famílias que mais precisam. Os fiéis que forem às missas podem deixá-los nas comunidades.

 

SEM PROCISSÕES NAS RUAS E SEM TAPETES

Pelo segundo ano seguido, as procissões realizadas nas ruas no dia de Corpus Christi estão suspensas. Segundo os ensinamentos da Igreja, neste dia santo o Cristo Eucarístico sai em procissão para ser adorado publicamente. No Brasil há a tradição de enfeitar os caminhos do Santíssimo Sacramento com os ornamentos e tapetes artesanais, que marcam a solenidade e que este ano também estão suspensos por conta da pandemia.

Popular entre os fiéis de Araçatuba, a Santa Missa no Ginásio Municipal Plácido Rocha, presidida por Dom Sergio e concelebrada pelos padres atuantes nas paróquias da cidade também não acontece pelo segundo ano seguido.

 

A DATA

Conforme o vigário regional da Região Pastoral de Araçatuba, padre Roberto Teixeira dos Santos, que também é vigário da Paróquia Sant’Ana de Araçatuba, explica no texto abaixo a origem da festa de Corpus Christi:

“A festa de corpus Christi é a festa do Corpo e Sangue de Jesus Cristo! Uma festa católica que busca celebrar o misterio da Eucaristia. A festa de Corpus Christi foi instituída pelo Papa Urbano IV, em 8 de setembro de 1264. Na época, chegou ao Papa a informação de que a freira Juliana de Mont Cornillon da diocese de Liege, na Bélgica, recebia visões de Jesus lhe pedindo uma festa litúrgica anual em honra a Sagrada Eucaristia. Outro fato ocorrido foi quando o padre Pedro de Praga da República Tcheca, celebrou uma missa na cripta de Santa Cristina, em Bolsena, Itália, e foi presenciado um milagre.

Segundo relatos, ao levantar a hóstia sagrada começaram a cair gostas de sangue. Durante a Festa de Corpus Christi as ruas são enfeitadas, ornamentadas para que por ela se passe a procissão com o Santíssimo Sacramento. É feito um tipo de tapete utilizando diversos materiais, comoserragem, Feia colorida, borra de café, cal e etc.. por onde a procissão passará. Essa procissão nos lembra a caminhada do povo de Deus, peregrino em busca da terra prometida. Antes o povo peregrino que caminhava no deserto era alimentado com o Maná. Hoje graças a Instuituicao da Eucaristia, o povo é alimentado pelo próprio Corpo e Sangue de Jesus Cristo. A procissão é conduzida pelo bispo ou pelo pároco da igreja, seguindo por centenas de milhares de pessoas, dependendo da cidade. A caminhada é realizada em ruas próximas da paroquia e sempre por cima do extenso tapete confeccionado pelos fiéis. Os fiéis começam a preparar os tapetes sempre na madrugada, para dar tempo suficiente na preparação antes do início da santa missa. Os fiéis preparam tudo com amor, a gente percebe a alegria deles em estar ali confeccionando os tapetes. São jovens, adultos e crianças de todas as paróquias e idades que se unem meses antes para preparar os desenhos e os demais materiais.

A preparação dos tapetes é a representação de vários símbolos bíblicos, que são desenhados e decorados manualmente. Por fim, Corpus Christi é uma expressão originária do latim e, em tradução para português, sign       ifica corpo de Cristo. A comemoração de Corpus Christi ocorre exatamente 60 dias após a Páscoa. A data e celebrada obrigatoriamente em uma quinta feira”.

 


Compartilhe esta notícia!

Veja também

Balconista é preso com 85 tijolos de maconha

Compartilhe esta notícia!DA REDAÇÃO – ARAÇATUBA O balconista G.G.S, 38 anos, residente em Goiânia (GO), …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *