VENDAS - Consumidores araçatubenses devem ir em busca de promoções nesta semana

Comércio de Araçatuba espera aumento de vendas em semana da Black Friday

DIEGO FERNANDES – ARAÇATUBA

Com a entrada da semana da Black Friday, que será na próxima sexta-feira (26), o comércio de Araçatuba começa a se animar com a possibilidade do aumento das vendas. O início das compras para o Natal, faltando cerca de um mês para a data, também deve auxiliar nas vendas do comércio de rua.

A Associação Comercial de Araçatuba prevê um crescimento de até 7% nas vendas em lojas físicas no município neste ano, em relação à mesma data do ano passado, devido à ausência de restrições por causa da pandemia.

A previsão é que a média dos descontos em produtos possa ficar entre 50% e 60% em Araçatuba. E não só o comércio deve fazer parte, bem como supermercados, casas de carnes, dentre outros estabelecimentos.

“A expectativa é que essas vendas podem ter um acréscimo de 5% a 7% a mais do que no período do ano passado. Agora eles podem comprar muitos produtos através das redes sociais, mas também de forma presencial, então nós acreditamos que é um Natal antecipado a Black Friday hoje para os consumidores e para os lojistas”, comentou Nei Ferracioli.

De acordo com Gener Silva, que é presidente do Sincomércio, o Sindicato do Comércio Varejista de Araçatuba, a data também estimula a contratação de trabalhadores temporários para o final do ano.

Ele afirma que entre outubro e janeiro, as contratações ficam aquecidas, exatamente por causa da expectativa pelo consumo maior, puxado pelo Natal, mas também aquecido pelo Dia das Crianças e pela Black Friday.

“São quatro meses onde as lojas costumam fazer essas contratações, começa em outubro e vai até janeiro. As compras de final de ano e as promoções de queima de estoque em janeiro provocam um aumento de consumidores”, afirmou Gener Silva.

De acordo com ele, neste ano a demanda por trabalhadores temporários será maior devido à volta do consumo sem restrições relacionadas à pandemia.

“A gente tem tido um movimento e um consumo muito bom neste segundo semestre, muito bom mesmo, isso com certeza vai refletir nestas contratações”, afirmou.

Geral

Uma pesquisa realizada pelo Google aponta que 64% dos brasileiros pretendem comprar algo durante a Black Friday Entre os itens mais buscados estão vestuário (62%), celulares (40%), livros e papelaria (38%) e produtos de cuidado pessoal (27%).

O levantamento também mostrou que 56% dos consumidores estão mais abertos à data de compras, que surgiu nos Estados Unidos, e que 37% estão economizando para comprar com desconto.

No ano passado, as vendas da Black Friday passaram de R$ 5,1 bilhões, valor 31% maior do que o mesmo período em 2019.

Os itens com maior volume de compras em 2020 foram: moda e acessórios, beleza, perfumaria e saúde, artigos para casa, entretenimento e eletrodomésticos e ventilação.

 

Veja também

Birigui lança projeto de robótica e qualificação profissional para integração nas indústrias

DA REDAÇÃO – BIRIGUI No mês em que completa 110 anos de fundação e 100 …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *