13.9 C
Araçatuba
segunda-feira, maio 23, 2022

Cartório prepara plantão para regularizar eleitorado; eleitores devem usar a internet

DIEGO FERNANDES – ARAÇATUBA

O Cartório Eleitoral de Araçatuba está preparando plantões para atendimento de eleitores que buscam a sua regularização eleitoral. Porém, a chefe da 299ª Zona Eleitoral de Araçatuba, Fabiana Camargo, alerta para que o público procure os canais digitais para realizar os procedimentos visando as eleições de 2022.

O primeiro turno das eleições está marcado para 2 de outubro. Portanto, até o dia 4 de maio, a pessoa pode solicitar a primeira via do título eleitoral ou regularizar sua situação em tempo de votar ainda neste ano.

Segundo Fabiana, o cartório está atendendo pessoalmente de forma prioritária aquelas pessoas que são consideradas excluídas digitalmente, que não possuem acesso à internet disponível.

“Todos os serviços estão disponíveis no site, o cartório está atendendo com prioridade para aqueles que são excluídos digitais, estes podem procurar o cartório”, afirmou Fabiana.

A recomendação do TSE, Tribunal Superior Eleitoral, é que os serviços sejam feitos pela internet, no tse.jus.br, ou então pelo aplicativo e-título. 

Mesmo assim, haverá plantões de atendimento em Araçatuba no dia 30 de abril, um sábado, das 11h às 17h. O plantão seguirá também nos dias 2, 3 e 4 de maio, das 9h às 18h. 

“Vamos evitar filas, faça pela internet e nos ajude”, pediu Fabiana Camargo.

Em Araçatuba, são 151.463 eleitores aptos a votar, de acordo com dados do Tribunal Superior Eleitoral desta sexta-feira (22). Destes, são 81.264 mulheres e 70.118 homens. 

São cerca de 75 mil eleitores de Araçatuba que fazem parte da 299ª Zona Eleitoral, além de outros quase 7 mil eleitores de Santo Antônio do Aracanguá. Os demais eleitores de Araçatuba fazem parte da 11ª Zona Eleitoral, comandada por Flávio Stipp Vaz. 

Pessoas que completam 16 anos até o dia 2 de outubro podem tirar o título eleitoral. O voto é facultivo para eleitores de 16 e 17 anos e acima dos 70 anos de idade. 

De acordo com Fabiana Camargo, muitas pessoas têm procurado o cartório e feito cadastro no site e no aplicativo para votar nas eleições deste ano.

“Tem bastante gente, principalmente jovens eleitores, muitos tem procurado o Título Net e comparecido no Cartório”, afirmou.

Ela lembra que todas aquelas pessoas que não realizaram o cadastramento biométrico poderão voltar normalmente nas eleições deste ano, já que o TSE adiou a determinação por causa da pandemia.

“Cadastro biométrico está suspenso devido à pandemia, não vai valer para as eleições de 2022. Provavelmente, o Tribunal retomará a coleta biométrica após as eleições, vamos aguardar a nova regulamentação”, disse.

Brasil

Entre janeiro e março de 2022, o Brasil ganhou 1.144.481 novos eleitores na faixa etária de 15 a 18 anos.

A procura pelo documento é a maior registrada quando comparada às últimas Eleições Gerais, de 2018 e 2014, quando foram emitidos 877.082 e 854.838 novos títulos, respectivamente. 

 

Ultimas Noticias