22.6 C
Araçatuba
quarta-feira, maio 25, 2022

Birigui recebe certificado que oficializa Arranjo Produtivo Local do setor moveleiro

 DA REDAÇÃO – ARAÇATUBA

Birigui assinou na quinta-feira (12) o certificado de reconhecimento do APL (Arranjo Produtivo Local) Moveleiro pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado de São Paulo. A cerimônia de assinatura que oficializou a iniciativa foi na sede da Acib (Associação Comercial e Industrial de Birigui), instituição que atuará como gestora do arranjo local.

Participaram da assinatura o prefeito Leandro Maffeis; o presidente da Acib Sergio Luiz Marquette; a secretária adjunta de Desenvolvimento Econômico, Marlene Aguilar; a secretária executiva Marina Bragante e a coordenadora de Desenvolvimento Regional e Territorial, Adriana Tedesco, ambas da Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado de São Paulo.

O APL Moveleiro de Birigui tem como parceiros a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, IFSP (Instituto Federal de São Paulo) campus Birigui e governo do Estado.

Com cerca de 110 empresas moveleiras, segundo levantamento da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Birigui teve o setor reconhecido como APL no ano passado, devido o potencial econômico das indústrias do segmento. A partir de agora, o município integra o seleto grupo no Estado de São Paulo, que contam com arranjos produtivos moveleiros em São Bernardo do Campo e Mirassol.

“Birigui é uma cidade empreendedora. Temos empresários que felizmente acreditam e investem. A economia está aquecida e o momento é propicio para esta organização que poderá nortear o futuro deste setor”, abordou o prefeito Maffeis.

A secretária executiva da Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado de São Paulo, Marina Bragante, lembrou da importância da cooperação no processo de desenvolvimento antes de assinar o certificado conferido à Birigui. “A primeira coisa para se constituir um APL é ter união. Eu vejo essa união entre os empreendedores de Birigui”, observou.

 

CRONOGRAMA

A partir da oficialização do APL Moveleiro de Birigui, o grupo de trabalho continuará visitando as empresas do setor para realização de diagnóstico e aumento do número de empresas participantes do projeto. Atualmente cerca de 10 empresas já aderiram a iniciativa.

O “Diagnóstico e modelo de interação para a inovação – APLs Metalúrgico e Moveleiro de Birigui-SP”, deverá indicar as principais demandas dos setores em Birigui. O trabalho será realizado pelo IFSP – câmpus Birigui, sob a coordenação da professora doutora Andréia de Alcântara Cerizza.

 

METAS E AÇÕES

Entre as ações já propostas na primeira reunião, realizada no mês passado, com os empresários que já aderiram ao APL está o contato com outros APLs Moveleiros em São Paulo como, por exemplo, o de Mirassol e São Paulo – São Bernardo do Campo. O objetivo é conhecer o trabalho que já é realizado por eles, trocar experiências e pensar ações e projetos que possam ser desenvolvidos em conjunto.

O secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Nivaldo Albani, estimou que até o fim deste ano será montado projeto para participação em editais do governo de São Paulo para que se consiga recursos para fortalecimento do APL.

Ele ainda apontou a possibilidade de as empresas locais participarem em feiras e eventos do setor. Outro objetivo é trabalhar na capacitação de mão de obra, uma das demandas já levantadas junto aos primeiros participantes.

 

DADOS

Dados levantados em 2021 e que embasaram o documento para reconhecimento do APL Moveleiro pelo Estado, mostram a predominância de microempresas, que correspondem a 82,73% do universo produtivo. Juntas elas empregam 869 trabalhadores, exercendo papel relevante para o desenvolvimento econômico local.

Os números colocam o setor na segunda posição do ranking de emprego na indústria em Birigui, perdendo apenas para o setor calçadista e à frente da confecção de artigos de vestuário e acessórios. 

 

Ultimas Noticias