DESTAQUE - Cultivo de soja em Birigui vem aumentando nos últimos anos

Birigui ocupa 6ª posição em ranking estadual de produtores de soja

Compartilhe esta notícia!

DA REDAÇÃO – ARAÇATUBA

Dados do Censo Agrícola do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) de 2017 mostram que Birigui ocupa a 6ª posição no ranking estadual por números de estabelecimentos produtores do grão, com 155 estabelecimentos. A colocação evidencia a riqueza do agronegócio biriguiense.

A cidade possui uma área plantada de 8.622 hectares, cuja produção alcançou 27.037 toneladas, gerando o valor agregado de R$ 27,8 milhões. Os dados foram compilados pelo Observatório de Inteligência Econômica da SDE (Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico).

Os dados corroboram com a percepção da capacidade empreendedora e das oportunidades do mercado local, pois demonstram que o agronegócio é também um vetor de alavancagem do crescimento econômico somando forças aos outros eixos da economia biriguiense: indústria, comércio e serviços.

 

EXPORTAÇÃO

O Ministério da Economia aponta para o processo de industrialização e agregação de valor da soja produzida. Foram exportados mais de US$ 3,2 milhões de resíduos sólidos da extração do óleo de soja em 2020, inserindo o produto na 3ª posição do ranking de bens exportáveis das empresas biriguienses. Houve também a exportação de soja em US$ 978 mil dólares.

Conforme o Banco Central, o estoque de financiamento agrícolas da cidade no mês de janeiro de 2021 totalizou R$ 152.310 milhões. Apesar de abranger o conjunto do agronegócio local, não apenas o segmento da soja, o valor evidencia a importância do setor para o sistema financeiro bancário municipal.

 

OBSERVATÓRIO ECONÔMICO

O projeto Observatório de Inteligência Econômica tem por objetivo suprir as demandas de informações e conhecimentos dos agentes econômicos da cidade, além de subsidiar políticas públicas voltadas à geração de emprego, renda e o desenvolvimento local. Os relatórios divulgados pela SDE estão disponíveis no site sedecti.org.

 

 

 


Compartilhe esta notícia!

Veja também

Nova massa de ar frio pode provocar queda histórica na temperatura

Compartilhe esta notícia!ANTÔNIO CRISPIM – ARAÇATUBA Este ano estão sendo registradas temperaturas atípicas em várias …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *