22.8 C
Araçatuba
sábado, junho 25, 2022

Biomedicina do Unisalesiano cadastra 125 doadores de medula óssea

DA REDAÇÃO – ARAÇATUBA

O Curso de Biomedicina do Unisalesiano, em parceria com o Hemocentro de Araçatuba, realizou mais uma campanha de cadastro para doação de medula óssea, que alcançou a participação de 125 acadêmicos de diversos cursos da Instituição.

A campanha aconteceu no período noturno, nos laboratórios da Instituição, nas últimas semanas de maio. Participaram da atividade os acadêmicos do penúltimo termo, por meio da Disciplina de Práticas Integradas em Biomedicina, que tem como responsável a docente Bruna Polacchine; e também profissionais do Hemocentro.

Além de proporcionar aos acadêmicos de Biomedicina o conhecimento prático do banco de sangue, o objetivo da ação foi conscientizar toda a comunidade acadêmica sobre a importância do cadastro e doação de medula óssea.

“Os nossos alunos de Biomedicina tiveram uma grande atuação na campanha, tirando as mais diversas dúvidas dos demais estudantes sobre o ato de doar a medula e também o sangue. Eles também participaram ativamente de todas as etapas do processo, do cadastro do doador até a coleta da amostra de sangue dos voluntários”, explicou a docente Bruna.

Já a Coordenadora do Curso de Biomedicina, professora Rossana Abud Cabrera Rosa, enfatizou que a realização da campanha para cadastro de doadores de medula óssea é de extrema importância para colaborar com a saúde da sociedade e vem de encontro com os objetivos da formação biomédica.

“Nosso objetivo na Biomedicina Unisalesiano é formar um profissional de alta performance clínica e científica, com qualidades voltadas à humanização e com habilidades voltadas para o desenvolvimento da saúde em contexto amplo, saúde pública, de alta qualidade e resolutividade”, frisou, ao destacar que atividades como essa integram os alunos em um importante segmento da área biomédica, que é a atuação dos Hemocentros, centros fundamentais para a manutenção da vida.

 

Ultimas Noticias