LIBERADO - Shows com público em pé, como os ocorridos na Expô Araçatuba, estão liberados

Artistas de Araçatuba e empresário de eventos comemoram e pedem cuidado à população

DIEGO FERNANDES – ARAÇATUBA

Os profissionais da arte de Araçatuba demonstraram satisfação, porém, pedem cuidado para a população após a liberação dos últimos eventos que estavam proibidos no estado, como os shows em pé, as pistas de dança, e a capacidade de 100% de público em eventos esportivos. A liberação total ocorreu nesta segunda-feira (1).

A reportagem do jornal O LIBERAL REGIONAL conversou com alguns dos profissionais mais afetados durante o período da pandemia, com a paralisação das atividades.

A cantora e jornalista Talita Rustichelli, por exemplo, foi uma das que levantou a bandeira do cuidado neste retorno de todas as atividades. Ela pede para que isso não seja um pretexto para que a população se descuide e deixe de tomar os cuidados básicos para prevenir a contaminação.

“Eu espero que essa flexibilização de cem por cento de público não seja motivo para que as pessoas se descuidem. Flexibilizou, mas ainda estamos em pandemia, então é bom que as pessoas tomem todos os cuidados”, pediu Talita.

A cantora araçatubense, inclusive, realizará sua primeira apresentação presencial após vários meses. A data já está marcada: na próxima sexta-feira (5) e no próximo sábado (6), no teatro Castro Alves, em Araçatuba. Neste caso, ela se apresentará com sua banda e fará duas apresentações em dias distintos para poder dividir o público, ainda evitando aglomerações.

“A gente vai fazer dois shows um seguido do outro porque a gente optou por fazer o teatro com capacidade reduzida, então a gente não vai operar com cem por cento, estamos tomando todos os cuidados. Capacidade reduzida, público de máscara e o distanciamento entre as poltronas”, relatou.

Já para a atriz araçatubense Paula Liberati, além da manutenção dos cuidados, ela espera que este período de mais de 1 ano e meio de pouquíssimas opções de atividade cultural presencial tenham servido para que as pessoas notassem a falta que elas fazem, e pede prestígio aos pequenos artistas.

“Acho que a partir do momento que está liberado, espero que as pessoas tenham percebido, tenham entendido que depois de tanto tempo a gente sem poder ir a um teatro, consumidor cultura e arte, ir a um show, que as pessoas tenham percebido a importância disso na nossa vida e que tenham valorizado, e agora que está liberado, que todos nós possamos ir para artistas que já tenham um público grande, mas também que a gente prestigie os pequenos artistas”, afirmou Paula.

Ela também diz que ainda não se sente completamente segura para uma apresentação com “casa cheia”, e pede que as pessoas continuem se cuidando com as medidas preconizadas pela OMS para mitigação do contágio.

“Meu setor das artes e cultura foi um dos que mais sofreu, foi o primeiro a parar, o último a voltar, eu confesso que eu ainda não estou preparada depois da pandemia para entrar em um lugar tão cheio de gente, mas que continuemos tomando cuidado, todo mundo de máscara, lavando bem as mãos”, alertou a atriz.

“Fome de eventos”

Para o empresário do setor de eventos em Araçatuba, Vinicius Ramos, os cuidados devem ser seguidos, mas para ele, o público está com “fome de eventos”.

“Eu acho que o público, de uma forma geral, está com fome de eventos, quer festa, quer confraternizar, quer reunir e curtir o que não curtiu nesses 20 meses que nós não tivemos nada”, opinou.

Ramos, que programou um show de uma dupla sertaneja para o mês de dezembro, afirma que empresários do setor devem tomar todas as providências para que o local de eventos seja seguro ao público.

“Cabe aos organizadores tomar todas as medidas possíveis e necessárias para amenizar os impactos que possam ter em relação à transmissão do coronavírus”, completou.

Liberação

Desde agosto, o governo estadual já tinha projetado para novembro a volta de todos os eventos e atividades sem quaisquer restrições de público. Nesta segunda-feira (1), foram liberadas as últimas restrições, como o distanciamento de 1 metro em lugares públicos, além da possibilidade de utilização da capacidade total das casas de espetáculo, de dança e praças esportivas.

Deve haver, porém, um controle do público, em alguns locais, inclusive, com exigência do passaporte sanitário, comprovando o recebimento das duas doses da vacina, como por exemplo nos estádios de futebol. Também segue obrigatório o uso de máscara em locais públicos.

Escolas

A partir desta quarta-feira (3), após o feriado, as escolas municipais, estaduais e particulares passam a não ter mais restrições de distanciamento entre os alunos. Com isso, enfim, as escolas poderão decretar o fim do rodízio de alunos e retornar com suas atividades 100% presenciais.

Até a última semana, 20 das 33 escolas estaduais de Araçatuba ainda utilizavam o sistema de rodízio por causa da falta de espaço físico para manter todos os alunos em distanciamento de 1 metro.

Com o fim das restrições, todas as unidades voltarão a receber todos os alunos de uma só vez. Alunos que não comparecerem às aulas presenciais terão falta contabilizada, com exceção daqueles que possuam laudo médico comprovando comorbidade. Neste caso, ainda terão o direito de receber o conteúdo de forma online.

VALORIZAÇÃO – Atriz Paula Liberati espera que tempo sem eventos faça público valorizar mais os artistas da região
VOLTA – Cantora Talita Rustichelli voltará a se apresentar no final de semana

 

Veja também

Birigui lança projeto de robótica e qualificação profissional para integração nas indústrias

DA REDAÇÃO – BIRIGUI No mês em que completa 110 anos de fundação e 100 …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *