SALAS VAZIAS - Com a suspensão das atividades presenciais, aulas deverão ocorrer apenas de forma remota

Araçatuba suspende as aulas

Compartilhe esta notícia!

ARNON GOMES – ARAÇATUBA

A partir da próxima segunda-feira, as aulas presenciais estão suspensas por 14 dias nas redes pública e privada, em Araçatuba. A decisão foi tomada em reunião, na tarde de ontem, entre representantes da Secretaria Municipal de Educação, área da saúde e do comitê de contingência criado na Prefeitura que define ações de combate à covid-19.

Com a suspensão, as aulas voltam a ser inteiramente remotas, como ocorreu em 2020 a partir de março, mês em que começaram a ser adotadas medidas restritivas para impedir a proliferação do novo coronavírus, transmissor da Covid. Neste ano, o ano letivo teve início em 8 de fevereiro, sendo adotado o modelo híbrido. Nesse formato, as escolas de Araçatuba estavam recebendo até 35% dos alunos; o restante as acompanhava de forma remota. Ao adotarem essa organização, as unidades de ensino haviam estabelecido rodízio de alunos para as aulas presenciais – a cada semana, ia um grupo.

Em vídeo gravado e divulgado nas redes sociais logo após a reunião, a secretária municipal de Educação, Silvana de Sousa e Souza, explicou que a decisão acompanha decreto estadual publicado anteontem que colocou todo o Estado na fase vermelha. Esta é a faixa com as restrições de mobilidade urbana e serviços não essenciais mais rigorosas previstas no Plano São Paulo. A medida estadual não havia mexido no funcionamento das instituições de ensino – as aulas presenciais continuaram opcionais, ou seja, cada rede decide a forma de proceder.

Segundo Silvana, o objetivo é conter a disseminação do coronavírus, transmissor da doença que, desde o início da pandemia, em março do ano passado, já infectou mais de 12 mil araçatubenses e levou à perda de mais de 300 vidas na cidade durante o período.

A suspensão ocorre num momento em que todo o País vê, mais uma vez, a ameaça de colapso na rede de saúde em virtude do crescimento no número de casos, com hospitais chegando ao limite de ocupação de seus leitos de UTI para tratar da doença. Por esse motivo, na região, no começo da semana, Penápolis já havia decidido suspender a ida dos estudantes às escolas.

No momento, na Santa Casa de Araçatuba, hospital de referência para 40 municípios na região, a taxa de ocupação dos pacientes em leitos dedicados à Covid-19 está em 68%.

“A intenção é conter essa disseminação do coronavírus, que tem sido tão intensa em todo o país”, disse a secretária, na gravação. “Sabemos da importância das aulas presenciais para o desenvolvimento dos alunos, mas, no momento, precisamos fazer escolhas e a escolha foi pela vida para que possamos diminuir a circulação de pessoas.”

Apesar da medida, ela reconheceu a adoção de todos os protocolos de segurança sanitária adotados nas redes municipal, estadual e privada. “Sabemos o quanto cada rede se dedicou para que o ambiente escolar não fosse um ambiente de propagação do vírus, mas, ainda assim, pela grande circulação de pessoas, pelo longo período de permanência de pessoas nas unidades escolares, sabemos que a continuidade das aulas nas unidades escolares acaba contribuindo para a disseminação do vírus”, ponderou.

Em seu pronunciamento, ela afirmou que, devido ao momento crítico enfrentado pelo Brasil, é necessário que cada pessoa faça a sua parte para contribuir com o isolamento social, fazendo com que o país não tenha uma propagação tão rápida. “Entendemos a necessidade das famílias, dos alunos, de terem suas aulas presenciais, mas, com o esforço de todos, esperamos que essa suspensão possa durar o menor tempo possível”, encerrou Silvana.

EXPECTATIVA

A reportagem de O LIBERAL REGIONAL havia antecipado, na edição de ontem, a possibilidade de o município suspender as aulas presenciais. A primeira reunião para tratar do assunto, nesta semana, aconteceu quarta-feira, na Prefeitura. Até aquele dia, o município tinha a informação de que, desde o início das aulas, 19 casos positivos de covid foram confirmados em 14 das 65 unidades escolares mantidas pela Prefeitura.

Ainda na rede municipal de ensino, em 145 turmas, o atendimento presencial chegou a ser suspenso. O número se refere à quantidade de casos suspeitos entre os alunos. Conforme protocolo estabelecido pela administração municipal, quando há um estudante com suspeita, a turma deve ficar afastada. Uma escola chegou a ser fechada, no bairro rural Água Limpa. No entanto, dias depois, o estabelecimento educacional foi reaberto. Na última terça-feira, uma cuidadora de creche, Lourdes Campos de Carvalho, de 57 anos, morreu na Santa Casa.

 

————–

RETRANCA

 

Guararapes também opta por suspensão; Birigui adia retorno presencial

A exemplo de Araçatuba e Penápolis, as aulas também estão suspensas em Guararapes.

Em decreto publicado ontem, acompanhando as restrições anunciadas pelo Estado, o prefeito Tarek Dargham (PTB) revogou, integralmente, o decreto municipal 3.863, de 02 de fevereiro, que permitiu a retomada das aulas e das atividades presenciais no contexto da pandemia. Entretanto, permanecem as atividades remotas enquanto perdurar a fase vermelha.

Já em Birigui, a Prefeitura adiou por 15 dias a volta às aulas presenciais nas 35 unidades da rede municipal de ensino. A retomada, em formato híbrido, com revezamento entre aulas presenciais e remotas, estava prevista para a próxima segunda-feira (8/3).

Dessa forma, as aulas seguirão de forma remota, como acontece desde 2 de fevereiro. Os pais deverão continuar retirando as atividades impressas nas escolas para os filhos realizarem em casa, de acordo com as datas estabelecidas pelas equipes gestoras de cada unidade escolar.

Medida semelhante à de Birigui foi adotada por Andradina no começo da semana.

 


Compartilhe esta notícia!

Veja também

Segue hoje drive-thru de arrecadação de alimentos para campanha “Ajude Já” da Clube FM e Jovem Pan

Compartilhe esta notícia!DIEGO FERNANDES Após o primeiro dia de doações na sede das emissoras Clube …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *