A esperança de uma vida melhor após a descoberta do câncer

Compartilhe esta notícia!

É uma luta em família. Todos os filhos da Karina e do Francisco, juntos, para dar força à guerreira Emily, de apenas dez anos. Há pouco mais de dois meses, ela foi diagnosticada com um câncer agressivo no joelho. Desde então, uma batalha começou entre Araçatuba e Barretos, onde faz tratamento. A família, bastante humilde, está na cidade há pouco mais de um ano e precisa de ajuda, já que somente o Francisco trabalha como pintor.

Segundo a mãe da criança, o câncer foi descoberto após o aniversário da filha, no fim do ano passado. “Ela sentiu várias dores na perna, principalmente à noite. Eu dava o remédio e ia dormir, mas sempre voltava. Até que um dia, ela acordou com o joelho inchado e vermelho. Foi para Santa Casa, realizou alguns exames e descobriu o tumor”, disse Karina Mendes dos Santos.

A Emlily já começou o tratamento e perdeu o cabelo. Atualmente, ela está em Barretos com a mãe. Enquanto isso, o pai dela e os outros cinco irmãos ficam em Araçatuba. Apesar da distância e das adversidades, a família não perde a esperança e a fé.

“No momento, eu estou segurando. Eu vou deixar para cair quando ela tiver boa, só quando ela se curar. Agora, eu tenho apenas uma filha, tenho que ficar forte para que ela tenha força para continuar lutando contra essa doença”, completou a dona de casa.

O pai da Emily disse que quando descobriu a doença na filha não acreditou. Hoje, ele se agarra a todos os filhos para que possam retransmitir a maior energia positiva possível. “Na hora, a gente nunca pensa que isso vai acontecer, foi um choque, fiquei bem triste, já que ela sempre correu, brincou. Tudo mudou de lá para cá. A pior parte é à noite, pois ela e a minha esposa estão longe”, revelou o pintor Francisco Serqueira.

A família precisa de ajuda, já que só o Francisco trabalha e a Karina não consegue, pois fica em Barretos com a filha. Eles precisam, principalmente, de alimentos e roupas. Já a criança queria muito ganhar um celular para passar o tempo no hospital e isso foi possível graças á boa ação de um morador da região, que sensibilizado com a história, conseguiu comprar um aparelho novinho à menina.

O sonho dela é ser youtuber, mas não tinha a ferramenta principal: o celular. Agora, ela passa pela segunda sessão de quimioterapia em Barretos e está feliz da vida de poder ter o aparelho e já conseguir postar atualizações de seu estado de saúde nas redes sociais.

“O que eu sinto mais falta é de correr. Quero sarar logo”, contou à reportagem bastante emocionada.

Mas, essa emoção não é de tristeza. É da esperança de se curar logo e poder voltar a brinca com os irmãos. Essa hora vai chegar e o mais breve possível. “O que eu puder fazer por ela, eu vou fazer. O possível e o impossível. Poderia ser qualquer um dos meus filhos. Eu não vou desistir”, finalizou Karina.

 


Compartilhe esta notícia!

Veja também

Sepultado em Vicentinópolis o corpo da fisioterapeuta morta em acidente na Elyeser

Compartilhe esta notícia!DA REDAÇÃO – ARAÇATUBA O corpo da fisioterapeuta, Paloma Leite Malheiros, foi sepultado …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *