Home Cidades Araçatuba registra dois assassinatos e uma tentativa de homicídio em noite violenta

Araçatuba registra dois assassinatos e uma tentativa de homicídio em noite violenta

7 minutos de leitura
Compartilhe esta notícia!

FOTO CEDIDA: REGIONAL PRESS

Araçatuba registrou uma noite violenta na quinta-feira (30). Em cerca de cinco horas, dois assassinatos e uma tentativa de homicídio foram registrados em três pontos diferentes da cidade. Até agora, nenhum autor foi preso pelos crimes. A Polícia Civil já iniciou as investigações e conseguiu identificar um dos suspeitos. Somente em janeiro, o município contabilizou seis assassinatos, dois a mais do que o mesmo período do ano passado.

O primeiro caso aconteceu na rua João dos Santos Lima, no bairro Águas Claras. Segundo informações apuradas pela reportagem do jornal O LIBERAL REGIONAL, o servente Enilson José da Silva, de 41 anos, foi atingindo por diversos disparos de arma de fogo. Ele chegou a ser socorrido com vida para a Santa Casa, mas sofreu uma parada cardiorrespiratória dentro da unidade do Resgate e não resistiu aos ferimentos.

O autor dos tiros fugiu e até o fechamento dessa edição não havia sido localizado, mas ele já foi identificado pelos investigadores da DIG (Delegacia de Investigações Gerais). De acordo com o que os policiais apuraram até agora, o suspeito do assassinato seria ex-namorado da enteada da vítima. Um dia antes, o rapaz teria agredido a jovem. O padrasto teria encontrado o investigado quando acabou sendo surpreendido. Sem mesmo ter reagido, ele acabou atingindo pelos disparos.

PLANALTO

Cerca de duas horas depois, outro assassinato foi registrado em Araçatuba. Dessa vez, outro homem também de 41 anos, identificado como Everton Alan Bobato, não resistiu ao levar dois tiros no tórax na rua João Madrid Gimenez, no bairro Planalto.

Conforme o registro do boletim de ocorrência, a vítima seguia com uma motocicleta Honda/CG 125 Titan pela via quando outra moto, provavelmente com dois indivíduos, impediu a passagem e um dos suspeitos começou a atirar. Depois de ser baleado, o declarante caiu no asfalto. Os atiradores fugiram em alta velocidade.

O Resgate foi acionado para prestar os primeiros atendimentos, mas durante os trabalhos uma viatura do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) chegou até o cruzamento da rua Bolívia com a Avenida dos Araçás, já que o homem estava com quadro de parada cardiorrespiratória. Uma médica auxiliou no socorro, mas constatou a morte alguns minutos depois, antes mesmo da viatura chegar ao pronto-socorro.

O local onde o homicídio ocorreu foi isolado para o trabalho da perícia técnica. Imagens das câmeras de segurança de uma residência poderão auxiliar nos trabalhos investigativos a partir de agora. Um dos tiros atingiu a lateral do portão de um imóvel no local. O corpo foi encaminhado ao IML (Instituto Médico Legal), onde passou por exame necroscópico. O sepultamento ocorreu no fim da tarde dessa sexta-feira (31).

PORTO REAL

Já quase no início da madrugada, mais violência na cidade. Um ajudante de pedreiro de 29 anos de idade foi atingido por, pelo menos, quatro tiros na rua Moara Sacramento Amaro, no bairro Porto Real, zona norte de Araçatuba. Ainda não se tem informações sobre como a tentativa de assassinato aconteceu, mas segundo a Polícia Militar, o rapaz possui passagens criminais.

Ele foi socorrido até o pronto-socorro da Santa Casa, onde recebeu atendimento médico. Um dos disparos atingiu de raspão a cabeça. Todas as balas transfixaram o corpo do homem. De acordo com o último boletim médico divulgado pela assessoria de imprensa do hospital, o estado de saúde dele era grave, porém estável. A Polícia Civil também abriu inquérito para dar prosseguimento às apurações do caso, mas até agora ninguém foi preso.


Compartilhe esta notícia!